Edição do dia

Sexta-feira, 14 de Junho, 2024
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
nuvens dispersas
29.2 ° C
30.9 °
28.9 °
94 %
3.6kmh
40 %
Sex
29 °
Sáb
30 °
Dom
30 °
Seg
30 °
Ter
30 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      InícioSociedadeIPM abre novo ano lectivo com 1.300 novos alunos exortados a amar...

      IPM abre novo ano lectivo com 1.300 novos alunos exortados a amar a pátria

      Realizou-se ontem a Cerimónia de Abertura do Ano Académico 2021/2022 no Instituto Politécnico de Macau (IPM). Segundo um comunicado divulgado pela instituição, este ano há mais de 1.300 novos alunos.

      Devido à evolução da epidemia em Macau, a Cerimónia de Abertura do Ano Académico 2021/2022 do Instituto Politécnico de Macau (IPM), que se realizou ontem, foi online. Através de um comunicado, a instituição disse que este ano lectivo há mais de 1.300 novos alunos em cursos de licenciatura, mestrado e doutoramento, oriundos de Macau, das outras regiões da Grande Baía, dos Países de Língua Portuguesa e do exterior.

      Im Sio Kei, presidente do IPM, aproveitou a ocasião para dar “uma aula” aos novos alunos, que foram instados a “herdar o valor nuclear” do “Amor pela Pátria e por Macau”. O presidente da instituição referiu que os alunos devem “ter maior paixão, maior ambição e maior sentido de responsabilidade, estudar arduamente, alargar os seus horizontes, preparar-se bem com os conhecimentos aprendidos, e dar contributos para a construção do país e de Macau”, cita o comunicado.

      Além disso, Im Sio Kei lembrou, no seu discurso, que foi criado um sistema de formação de quadros qualificados através da oferta de um conjunto de cursos de licenciatura, mestrado e doutoramento, tendo esses cursos obtido a avaliação académica ou a acreditação profissional de instituições internacionalmente reconhecidas. “O IPM tem o seu nível de ensino reconhecido a nível nacional e internacional”, referiu.

      Por outro lado, em cooperação com a Universidade de Pequim, foi estabelecida a “Academia de Enfermagem do Centro de Ciências da Saúde da Universidade de Pequim e do Instituto Politécnico de Macau”, que visa formar mais quadros qualificados na área de enfermagem para a Grande Baía Guangdong-Hong Kong-Macau.

      Já na investigação científica, Im Sio Kei notou que tem vindo a ser aumentado o investimento nos estudos científicos, cooperando com universidades de renome para o estabelecimento de centros de investimento e inspecção.

      O presidente do IPM assinalou que a instituição se encontra entre o 301.º e o 400.º lugar do ranking das Universidades Mundiais mais influentes do Times Higher Education do Reino Unido e que isso se deve ao “excelente desempenho na formação de talentos, na investigação científica e no desenvolvimento sustentável”.

      Im Sio Kei frisou que a “família IPM” tem participado na luta contra a epidemia e que os pós-graduados do IPM publicaram uma dissertação sobre os métodos de previsão da Covid-19 e receberam o “Prémio de Melhor Dissertação de Estudantes”.

      Por fim, o representante dos novos alunos, Wong Kei Long, aluno do Curso de Doutoramento em Tecnologia Informática Aplicada do IPM, referiu que a preparação para o novo ano académico visa enfrentar as oportunidades e desafios da nova fase da vida, “avançando em direcção ao sonho”.

      “Os novos alunos devem tornar-se numa nova força do IPM, participando nas actividades do instituto, servindo a sociedade, transmitindo a energia positiva e contribuindo activamente para o desenvolvimento do IPM, de Macau e do país”, disse o novo aluno do IPM, citado pela nota oficial.