Edição do dia

Sexta-feira, 19 de Abril, 2024
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
nuvens dispersas
28.3 ° C
28.9 °
26.5 °
79 %
9.3kmh
40 %
Sex
28 °
Sáb
28 °
Dom
25 °
Seg
24 °
Ter
26 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      InícioPolíticaTempo de espera por intervenções cirúrgicas diminuiu, diz secretária

      Tempo de espera por intervenções cirúrgicas diminuiu, diz secretária

      “Os Serviços de Saúde conseguiram reduzir o tempo de espera por uma intervenção cirúrgica urgente em causa, diminuindo de 14,2 dias, tempo de espera mais longo, para agora 5,6 dias”, afirmou ontem a secretária para os Assuntos Sociais e Cultura no hemiciclo.

      Em resposta a uma interpelação oral apresentada pela deputada Ella Lei, Elsie Ao Ieong indicou também que, em 2023, o tempo médio desde a chegada ao hospital do paciente até o tratamento de trombólise intravenosa foi de 54 minutos, “o que corresponde ao padrão internacional em relação ao tempo limitado para o diagnóstico e tratamento do AVC, ou seja, um prazo de menos de 60 minutos”. Cumulativamente, foram prestados socorros e tratamentos a cerca de 1.000 pacientes com AVC agudo, disse Elsie Ao Ieong, lembrando também que os Serviços de Saúde subsidiam instituições sem fins lucrativos para que estas possam prestar tratamento atempado aos pacientes que sofrem a mesma doença.

      A secretária lembrou também que, no que diz respeito aos primeiros socorros de AVC, os Serviços de Saúde criaram em 2016 um canal verde e uma equipa especializada para os pacientes com AVC agudo, proporcionando tratamento de trombólise intravenosa 24 horas por dia e a cirurgia de trombectomia intervencionista, no sentido de assegurar que os pacientes recebam tratamento urgente e eficaz dentro da janela terapêutica.

      Em termos de recursos humanos dos terapeutas, segundo as contas da secretária, o número tem vindo a aumentar nos últimos anos. Em 2023, Macau contou com 245 fisioterapeutas, 156 terapeutas ocupacionais e 75 terapeutas da fala, num total de 476 pessoas, o que representava um aumento de cerca de 75% face às 274 em 2018.