Edição do dia

Segunda-feira, 26 de Fevereiro, 2024
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
nuvens dispersas
13.9 ° C
15.9 °
13.9 °
72 %
5.7kmh
40 %
Dom
16 °
Seg
19 °
Ter
20 °
Qua
20 °
Qui
21 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      Início Cultura Noites de Fado adiadas para Março, acompanhadas com petiscos e exposição sobre...

      Noites de Fado adiadas para Março, acompanhadas com petiscos e exposição sobre a história do Fado

      Depois de ter sido previamente anunciado que o palco do Teatro D. Pedro V iria acolher noites de Fado entre Janeiro e Fevereiro, o Instituto Cultural acaba agora de colocar os bilhetes à venda para as sextas, sábados e domingos de 1 a 24 de Março. Antes dos concertos com os fadistas Tiago Correia e Bárbara Santos, o público pode ainda petiscar e ouvir músicos locais, ou visitar uma exposição sobre a história do Fado.

       

      O Instituto Cultural (IC) acaba de colocar à venda os bilhetes para o previamente anunciado programa das Noites de Fado no Teatro D. Pedro V, anunciando agora novas datas, durante todas as sextas, sábados e domingos de 1 a 24 de Março. Recorde-se que a presidente do IC, Leong Wai Man, tinha previamente avançado com os dias 19 de Janeiro a 11 de Fevereiro como datas iniciais para estas noites de fado.

      Para além das actuações dos fadistas Tiago Correia e Bárbara Santos, que estarão em Macau durante o mês de Março para actuar nas 12 sessões previstas, o programa organizado pelo IC propõe ainda outras actividades complementares no mesmo espaço histórico. Antes dos concertos de Fado, que vão decorrer entre as 19h e as 20h, o público poderá degustar e adquirir petiscos típicos e bebidas no recinto do Teatro D. Pedro V, estando ainda previstas actuações de músicos da cidade. Estes estarão no local para interpretar temas instrumentais de música ligeira fazendo-se acompanhar de instrumentos como a guitarra portuguesa, guitarra clássica, violino, saxofone ou piano. Num outro espaço do Teatro D. Pedro V, a Galeria dos Espelhos, haverá ainda uma exposição sobre a história do Fado.

      Destacando o Fado como a “canção popular mais representativa” de Portugal, a organização referiu em comunicado que convidou os portugueses Tiago Correia e Bárbara Santos para se apresentarem a solo mas também em duo, numa combinação que o IC pretende que enriqueça ainda mais o “conteúdo” do concerto. Segundo a biografia apresentada pela organização, Tiago Correia é um “talentoso fadista, letrista e compositor. Iniciou a sua trajectória musical há 14 anos e hoje, aos 26 anos, já lançou vários álbuns e ganhou vários prémios”. Fadista residente da célebre casa de Fados Adega Machado desde 2015, Bárbara Santos, por seu turno, “descobriu desde muito jovem o seu amor pelo Fado”, partilhou o IC. Aperfeiçoando o seu talento na escola de fado, participou em concursos “prestigiados com excelentes resultados”, sendo reconhecida como artista revelação no Festival de Fado. O IC descreve a voz da cantora como sendo captivante e possuidora de uma interpretação única. A audiência será envolvida pelas “emoções profundas e autenticidade desta jovem fadista”, garante.

      Para que estas noites de fado consigam ser promovidas junto dos turistas de forma mais eficaz, o IC está a disponibilizar a venda de bilhetes não apenas na plataforma habitual da Bilheteira Online de Macau, mas também na plataforma de venda online Cityline, de Hong Kong, e na Damai, do interior da China. Com o preço de 200 patacas, cada bilhete dá ainda direito a uma bebida gratuita. Os portadores de BIR, estudantes, professores, idosos e portadores de deficiência têm direito a 20% de desconto ao adquirirem bilhetes através da Bilheteira Online de Macau. Para os visitantes, existe ainda uma iniciativa de colaboração com os operadores do sector turístico, em que estes podem reservar bilhetes a um preço especial. As actuações estão interditas a menores de seis anos de idade.