Edição do dia

Quinta-feira, 29 de Fevereiro, 2024
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
nuvens dispersas
15.9 ° C
17.9 °
15.9 °
88 %
3.1kmh
40 %
Qui
21 °
Sex
17 °
Sáb
16 °
Dom
20 °
Seg
22 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      Início Sociedade Aeroporto Internacional de Macau teve 5,15 milhões de passageiros em 2023

      Aeroporto Internacional de Macau teve 5,15 milhões de passageiros em 2023

      Em 2023, o número total de passageiros no Aeroporto Internacional de Macau foi de cerca de 5,15 milhões, o que significa que houve uma recuperação para 55% dos níveis de 2019, quando o aeroporto recebeu cerca de 9,6 milhões de passageiros. Em comparação com 2022, quando ainda estavam em vigor as fortes restrições pandémicas impostas pelo Governo, a subida foi de 758%.

       

      O Aeroporto Internacional de Macau divulgou ontem as estatísticas do volume de passageiros no ano passado, onde se verifica que, em 2023, houve um total de 5,15 milhões de pessoas a utilizar o aeroporto da região. No ano passado, o aeroporto registou uma média de aproximadamente 14 mil passageiros e 116 movimentos de aeronaves por dia.

      O total de 5,15 milhões de passageiros de 2023 significa um salto assinalável de 758% em comparação com 2022, quando o aeroporto teve menos de 600 mil passageiros ao longo de todo o ano. Nesse ano, recorde-se, ainda estavam em vigor as fortes restrições pandémicas impostas pelo Governo. Em 2020 e 2021, apesar das restrições que também estavam em vigor, o aeroporto teve 1,2 e 1,1 milhões de passageiros, respectivamente. Por outro lado, assistiu-se no ano passado a uma recuperação para 55% dos níveis pré-pandemia, já que em 2019 o volume total de passageiros foi de 9,6 milhões.

      As estatísticas divulgadas ontem também mostram que em 2023 houve um total de 42.504 movimentos de aeronaves, tendo esta parte recuperado para 54% dos níveis de 2019.

      O Aeroporto Internacional de Macau acolhe actualmente 25 companhias aéreas, oferecendo um total de 48 rotas que abrangem vários destinos na China Continental, Taiwan, Sudeste asiático e Nordeste asiático. Em 2023, os passageiros do mercado da China continental representaram 58%, o mercado de Taiwan representou 15% do volume total de passageiros e as rotas do Sudeste asiático representaram os restantes 27%.

      Em comunicado, o Aeroporto Internacional de Macau diz que este ano “continuará a cooperar com a direcção de desenvolvimento turístico do Governo da RAEM e a consolidar o mercado de passageiros do interior da China”, acrescentando que irá também “colaborar constantemente com as companhias aéreas estrangeiras e de base para explorar os mercados internacionais, de modo a desenvolver mais rotas directas ou de ligação de longo curso para fornecer soluções abrangentes de viagem num só local”.

      Além disso, as autoridades do aeroporto da região dizem que, a fim de atrair mais turistas internacionais para visitarem Macau, foi reforçada a comunicação com companhias aéreas estrangeiras. É referido ainda que o aeroporto “irá reforçar a promoção turística na área da Grande Baía para atrair turistas a viajarem através do Aeroporto Internacional de Macau e, assim, expandir o leque de fontes de passageiros”.

      Por fim, lê-se também no comunicado que o aeroporto vai lançar medidas e serviços relacionados com a “conveniência das viagens” para “proporcionar aos residentes locais e aos viajantes opções de viagem mais convenientes, com vista a promover a diversificação e o desenvolvimento sustentável da indústria do turismo”.