Edição do dia

Quarta-feira, 21 de Fevereiro, 2024
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
nuvens dispersas
21.9 ° C
23.9 °
21.9 °
94 %
3.1kmh
40 %
Qua
22 °
Qui
23 °
Sex
21 °
Sáb
21 °
Dom
21 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      Início Política Xi Jinping garante apoio a Macau na mensagem de ano novo

      Xi Jinping garante apoio a Macau na mensagem de ano novo

      Na mensagem de ano novo, o Presidente chinês assegurou que o Governo Central irá continuar a apoiar Macau e Hong Kong “no desempenho das suas próprias vantagens”. Xi Jinping disse ainda que o projecto da Grande Baía “avançou de forma pioneira”. Xi apontou também a Taiwan, que vai a votos este mês, dizendo que os dois lados do estreito devem “dar as mãos”.

       

      O Governo Central irá, em 2024, continuar a apoiar Hong Kong e Macau “no desempenho das suas próprias vantagens, e a manterem a prosperidade e a estabilidade a longo prazo durante sua integração no desenvolvimento geral do país”, disse Xi Jinping na mensagem de ano novo.

      Na mensagem, divulgada na íntegra pela agência estatal chinesa Xinhua, o Presidente chinês apontou também que, em 2023, o projecto da Grande Baía Guangdong-Hong Kong-Macau “avançou de forma pioneira”.

      Fazendo um balanço de 2023, Xi afirmou: “Em 2023, continuámos a lutar e a avançar com esforços árduos. Experienciámos tempestades de vento e chuva, apreciámos belas paisagens e alcançámos resultados tangíveis. Todos nós guardamos na memória as dificuldades que já superámos nesse ano e, ao mesmo tempo, estamos cheios de confiança no futuro promissor”.

      Assinalando a recuperação económica da China após os três anos de fortes restrições pandémicas impostas por Pequim, Xi Jinping destacou que “a economia chinesa tornou-se mais sólida e forte ao resistir a grandes tempestades”.

      “Por meio de esforços constantes, a China apresentou uma eruptiva força de inovação e efusiva vitalidade de desenvolvimento”, sublinhou o Presidente chinês, destacando que “o grande avião C919 começou os seus voos comerciais, o primeiro navio de cruzeiro de fabrico chinês concluiu sua navegação teste, as naves Shenzhou realizaram missões sucessivas no espaço e o submersível tripulado Fendouzhe bateu recorde de profundidade de mergulho”. Por outro lado, “produtos de marcas nacionais foram bem-recebidos, telemóveis de fabrico chinês esgotaram no mercado e automóveis a novas energias, baterias de lítio e produtos fotovoltaicos acrescentaram novas reputações à produção chinesa”. “A China, com ânimo de autofortalecimento e perseverança, esforçou-se para chegar a novos patamares, cujas inovações avançam dia a dia em todo o território”, afirmou Xi na mensagem.

      O Presidente chinês lembrou também as empresas que “enfrentaram dificuldades com os seus negócios”, as pessoas que “têm problemas a encontrar emprego e na vida” e as regiões afectadas por calamidades. “Fico preocupado com tudo isso”, disse, acrescentando: “Sem medo, diante das intempéries, vocês enfrentaram desafios e superaram dificuldades com coragem e ajuda mútua, o que me comoveu muito. Tanto os agricultores que trabalham no campo com grande diligência, como os operários que se empenham no seu trabalho; tanto os empreendedores com espírito de luta como os soldados que se dedicam à defesa e salvaguarda da pátria, pessoas de todos os sectores sociais contribuem extraordinariamente! O povo é sempre o maior apoio para transpormos todos obstáculos”.

      No início deste ano realizam-se eleições em Taiwan e Xi Jinping afirmou, nesta sua mensagem, que “a reunificação da pátria é uma tendência inevitável da história”. “Os compatriotas dos dois lados do Estreito de Taiwan devem dar as mãos, com vontade comum para compartilhar a grande glória da revitalização da nação”, afirmou Xi.