Edição do dia

Quinta-feira, 29 de Fevereiro, 2024
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
nevoeiro
18.9 ° C
18.9 °
17.9 °
77 %
3.1kmh
40 %
Qui
21 °
Sex
17 °
Sáb
16 °
Dom
20 °
Seg
22 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      Início Economia Cartões de débito e crédito e pagamentos móveis aumentaram no 2.º trimestre

      Cartões de débito e crédito e pagamentos móveis aumentaram no 2.º trimestre

      A Autoridade Monetária (AMCM) revelou que, comparativamente ao mesmo período de 2022, no segundo trimestre de 2023 aumentaram o número e o valor de transacções de pagamentos móveis locais, e também houve mais emissão de cartões pessoais de crédito e de débito emitidos pelos bancos em Macau. Quanto ao valor total de crédito utilizado no segundo trimestre, este aumentou, ao passo que que o valor total de compras efectuadas com cartões de débito caiu. No final de Junho de 2023, o número de cartões pessoais de crédito emitidos pelos bancos em Macau era 1.719.334, um acréscimo de 3,4% relativamente ao ano anterior. Os cartões de débito foram 2.198.794, 8,8% mais do que no mesmo período de 2022.

      No geral, no segundo trimestre de 2023, o número de transacções através de pagamentos por aplicação de telemóvel aumentou 7,7% relativamente ao ano anterior, num montante total de transacções de 6,8 mil milhões de patacas, correspondendo a um acréscimo de 6,9% relativamente ao ano anterior. Até ao final de Junho de 2023, o número de aparelhos que aceitam o pagamento móvel e os suportes de “QR Code” em Macau atingiu 99.226, tendo traduzido a um aumento de 6,4% relativamente ao final de Junho de 2022.

      Relativamente ao limite de crédito relativo aos cartões de créditos emitidos pelos bancos em Macau, este foi no total 48,5 mil milhões de patacas, tendo registado um aumento de 1,5% relativamente ao período homólogo do ano passado, com saldo das dívidas que se cifrou em 2,8 mil milhões, sendo que o saldo de ‘rollover’ atingiu 765,8 milhões, correspondendo a cerca de 27,7% do saldo das dívidas a receber. Por outro lado, o rácio de débito não pago, medido com base no rácio de valores em mora por mais de três meses contra o saldo das dívidas, cifrou-se em 2,6%, ou seja, diminuiu 0,2 pontos percentuais (pp) em relação ao final de Junho de 2022.

      Utilizou-se mais crédito no período referido, num total de 5,9 mil milhões, o que representou um acréscimo de 16,2% relativamente ao ano anterior. O adiantamento de numerário atingiu 159,6 milhões, correspondendo a 2,7% do total do crédito utilizado no período. O número de transacções realizadas com cartões de crédito totalizou 9,1 milhões, o que representou um créscimo de 8,3% face ao ano anterior. O montante do reembolso, incluindo os juros e despesas, foi de 5,8 mil milhões, o que representou um aumento de 7,2% relativamente ao ano anterior. Além disso, o número de transacções realizadas com cartões de débito (não incluindo o levantamento de numerário) totalizou 349,8 mil. O valor total de compras efectuadas com cartões de débito foi de 593,1 milhões de patacas.

      Ponto Finalhttps://pontofinal-macau.com
      Redacção do Ponto Final Macau