Edição do dia

Segunda-feira, 17 de Junho, 2024
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
chuva fraca
28.1 ° C
29.9 °
27.9 °
94 %
3.6kmh
40 %
Seg
30 °
Ter
30 °
Qua
30 °
Qui
30 °
Sex
30 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      InícioCulturaFundação Rui Cunha apresentou colectiva de Caligrafia e Pintura

      Fundação Rui Cunha apresentou colectiva de Caligrafia e Pintura

       

      A Fundação Rui Cunha inaugurou ontem, dia 10 de Maio pelas 17h, a exposição colectiva de Caligrafia e Pintura “Eventful Years”, uma mostra conjunta dos membros da Associação de Amizade das Artes, Pintura e Caligrafia de Macau, com curadoria do mestre Lee Chau Ping.

      Lee Chau Ping reuniu 43 obras de 28 artistas, entre mestres e aprendizes desta arte tradicional chinesa. Os trabalhos, a maioria dos quais expostos pela primeira vez, são principalmente pinturas a tinta-da-china, todas de alto padrão. Os temas incluem flores e pássaros, peixes e insectos, paisagens e elementos caligráficos.

      Desde a sua criação, em 2000, a Associação de Amizade das Artes, Pintura e Caligrafia de Macau tem-se empenhado em promover actividades artísticas em Macau. As exposições anuais colectivas dos membros “são a oportunidade perfeita para unir a força centrípeta dos artistas envolvidos, permitindo a partilha de diferentes estilos de pintura e caligrafia, a aprendizagem, a observação e a consolidação da qualidade cultural. A nossa Associação, que tem membros em todo o mundo, pretende desenvolver um trabalho que estimule os associados para que cultivem o sentimento artístico, enriqueçam a vida espiritual e levem adiante a cultura tradicional chinesa”, pode ler-se no manifesto do curador.

      Lee Chau Ping, calígrafo e pintor local, é conhecido como discípulo do estilo artístico da Escola de Pintura de Lingnan. Nascido em 1959, o artista começou a sua carreira como designer de interiores, formado pelo Instituto de Design e Indústria de Hong Kong. A paixão pelas artes vem da infância, tendo aprendido pintura e caligrafia chinesas por influência do pai, quando tinha seis anos de idade. O percurso académico levou-o depois para o mundo do design e da gestão de negócios. Seguiu para a Canadian Public Royal University, onde fez um Master of Business Administration, passou pela Princeton University, onde obteve um PhD em Gestão, e ainda pela Renmin University of China, para uma graduação em Administração de Empresas. Aos 64 anos, o espírito incansável do artista é admirável, sendo igualmente licenciado e praticante de Medicina Tradicional Chinesa desde 1999.

      Ponto Final
      Ponto Finalhttps://pontofinal-macau.com
      Redacção do Ponto Final Macau