Edição do dia

Terça-feira, 25 de Junho, 2024
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
chuva moderada
34.3 ° C
34.3 °
34.3 °
77 %
6.1kmh
90 %
Ter
34 °
Qua
30 °
Qui
30 °
Sex
30 °
Sáb
30 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      InícioSociedadeEx-presidente francês François Hollande esteve em Macau  

      Ex-presidente francês François Hollande esteve em Macau  

      O antigo Chefe de Estado deslocou-se ao território em visita de índole privada, mas procurou e teve tempo para se reunir com elementos da comunidade francesa a residir no território, em especial membros da Câmara de Comércio França Macau e da Alliance Française. Ouviu, concordou, retorquiu. Ao PONTO FINAL, franceses radicados em Macau consideram o encontro “simpático” e “proveitoso”.

       

      O ex-presidente francês François Hollande esteve, na passada sexta-feira, em Macau para uma visita privada de um dia, no âmbito da edição deste ano do Fórum Cultural Sino-Francês, realizado no resort integrado Venetian, no Cotai, aproveitando para promover a gastronomia francesa no território.

      O antigo Chefe de Estado aproveitou a visita para se reunir com representantes da Câmara de Comércio França Macau (FMCC) e da Alliance Française. “Chegou de manhã e partiu à noite”, começou por dizer ao PONTO FINAL o tesoureiro da FMCC, Jeremy Artan. “Veio à RAEM em viagem privada, nada relacionado com o Governo francês, nem com o consulado em Hong Kong. Veio com apenas mais quatro pessoas, para participar no Fórum Cultural Sino-Francês. Contudo, teve, desde logo, vontade de estar com alguns elementos da comunidade francesa radicados em Macau e teve tempo para ouvi-los a todos. Éramos 10 pessoas”, acrescentou.

      Jeremy Artan referiu ainda que as conversas mantidas com o ex-Chefe de Estado relacionaram-se, essencialmente, com os desafios que a comunidade francesa enfrenta no território. “Essencialmente conversámos sobre como vive a comunidade francesa expatriada em Macau. Foi uma reunião muito boa, muito proveitosa e deu tempo para todos falarem. Ele foi um óptimo ouvinte e deu alguns dos seus pontos de vista”, notou o tesoureiro da FMCC.

      Membros da Alliance Française também estiveram presentes no encontro com Hollande. “O ex-Presidente Hollande ficou muito satisfeito por ver o trabalho árduo já realizado em Macau por uma das mais antigas Alliance Française na China”, começou por dizer o director da instituição, William Bascaule – que não esteve presente na reunião com Hollande, tendo a instituição sido representada por outro responsável, Bernard Pérès.

      A entidade suspendeu temporariamente os serviços no início de 2022, precisamente no ano em que comemorava 35 anos de existência em Macau. A notícia foi avançada pelo PONTO FINAL na altura e a decisão do encerramento prendeu-se com a falta de professores de francês.

      Agora, Bascaule traça um futuro mais risonho para a Alliance Française. “É bom termos reaberto e ter os alunos de volta. A Alliance Française faz parte da comunidade há mais de trinta e cinco anos. Partiu-nos o coração ter suspendido a nossa actividade. Temos uma nova e forte parceria com a Universidade de São José, onde temos o prazer de propor todos os nossos programas agora. Estamos ambos a trabalhar juntos para reiniciar rapidamente e fornecer todos os nossos programas de francês à comunidade. Já reiniciámos o nível A1 completo para adultos e vamos iniciar o nível A2 completo em Julho. Em alguns dias, abriremos as inscrições para o programa infantil, que começará em Setembro. São cursos de graduação de dois anos para crianças dos 8 aos 12 anos realizados ao fim-de-semana, com um diploma reconhecido internacionalmente no final”, revelou Bascaule.

      O mesmo responsável referiu ainda que, em Setembro, reabrem também o programa French Discovery para crianças dos 4 aos 6 anos e programas em universidades. “No que diz respeito à vertente cultural da nossa missão, e à promoção de eventos de gastronomia francesa, a Alliance Française é parceira do Festival de Cinema Francês de Hong Kong, que chega a Macau em Junho na Cinemateca Paixão. Também temos o dia nacional francês “Dia da Bastilha” a chegar, que será comemorado dia 15 de Julho, no Sofitel Macau.”

      Recorde-se que o próximo ano marcará o 60.º aniversário do estabelecimento de relações diplomáticas formais entre a China e a França e será o ano do turismo cultural sino-francês.

      François Hollande, que veio até ao território acompanhado de mais quatro pessoas, foi Presidente da França e Co-Príncipe de Andorra de Maio de 2012 a Maio de 2017, tendo sucedido a Nicolas Sarkozy e precedido a Emmanuel Macron, actual Chefe de Estado.

      Durante o seu mandato como Presidente, Hollande legalizou o casamento entre pessoas do mesmo sexo. “Estou a pensar nos 70 mil casais que puderam casar-se desde a legalização do casamento para todos há 10 anos. Esta grande lei transformou profundamente a nossa sociedade com mais igualdade, liberdade e alegria. Estou orgulhoso disso”, escreveu Holland no seu Twitter oficial, no passado dia 23 de Abril.

      Aos 68 anos, o antigo líder francês socialista, que casou no ano passado com a actriz Julie Gayet, encontra-se com uma agenda social e política menos preenchida do que quando era Presidente da República Francesa, contudo, sempre que pode, é figura presente em diversas iniciativas.

      Em 19 de Julho de 2016, Hollande foi agraciado com o Grande-Colar da Ordem da Liberdade, entregue por Marcelo Rebelo de Sousa, Presidente da República de Portugal.