Edição do dia

Sábado, 18 de Maio, 2024
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
nuvens dispersas
26.9 ° C
28.9 °
26.9 °
78 %
3.1kmh
40 %
Sáb
27 °
Dom
25 °
Seg
24 °
Ter
24 °
Qua
24 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      InícioSociedadeServiços de Saúde lançam projecto-piloto de teste rápido de anticorpos

      Serviços de Saúde lançam projecto-piloto de teste rápido de anticorpos

      Os Serviços de Saúde acabam de implementar o projecto-piloto sobre o serviço de teste rápido de anticorpos do vírus da hepatite C (VHC), pode ler-se num comunicado tornado público, ontem, pelas autoridades sanitárias do território.

      O objectivo do projecto é o de prestar serviços de rastreio rápido, de diagnóstico e de acompanhamento médico às pessoas com alto risco de contrair o VHC. Os destinatários deste projecto-piloto são os residentes de Macau com idade igual ou superior a 18 anos, que não tenham sido acompanhados pelo Centro Hospitalar Conde de São Januário, devido ao VHC, no ano passado. Os grupos de indivíduos com maior risco de serem infectados pelo VHC são, de acordo com os Serviços de Saúde, indivíduos com histórico de abuso de drogas (incluindo drogas injectáveis e não injectáveis) ou homens homossexuais e homens bissexuais ou, ainda, indivíduos infectados com o vírus da imunodeficiência humana (VIH).

      A hepatite C é uma doença causada pela infecção do VHC, e que é transmitida principalmente através do contacto do sangue, a título de exemplo, a partilha de seringas e agulhas. A transmissão por contacto sexual ou de mãe para filho é mais rara. Para além disso, a hepatite C não é transmitida pelo ar, por alimentos ou mosquitos, nem por contacto físico com os infectados do VHC, como por exemplo, através do abraço, aperto de mão e partilha de talheres.

      A maioria dos infectados pelo VHC não apresenta sintomas, cerca de 30% deles podem ser recuperados sem receberem qualquer tratamento médico dentro dos 6 meses, contando a partir de ser infectados, enquanto que os restantes 70% podem ter a infecção crónica, isto quer dizer que a infecção pelo VHC pode causar doenças graves, como a cirrose hepática, o cancro hepático e outras doenças.

      Nos últimos anos, mais de 90% dos casos em portadores da hepatite C crónica podem ser curados, através de medicamentos administrados por via oral com efeitos antivirais directos. Não existe a vacina contra o VHC.

      Ponto Final
      Ponto Finalhttps://pontofinal-macau.com
      Redacção do Ponto Final Macau