Edição do dia

Quarta-feira, 22 de Maio, 2024
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
nevoeiro
24 ° C
24.9 °
23.9 °
100 %
2.6kmh
40 %
Qua
26 °
Qui
26 °
Sex
27 °
Sáb
28 °
Dom
28 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      InícioSociedadeIPIM convida CCILC-Macau a visitar Plataforma de Serviços para a Cooperação Comercial...

      IPIM convida CCILC-Macau a visitar Plataforma de Serviços para a Cooperação Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa

      A convite do Instituto de Promoção do Comércio e do Investimento de Macau (IPIM), a Câmara de Comércio e Indústria Luso-Chinesa (CCILC-Macau), visitou, recentemente, o Complexo da Plataforma de Serviços para a Cooperação Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa, anunciou a CCILC-Macau em nota de imprensa.

      O presidente interino do IPIM, Vincent U, e o director-executivo, Sam Lei, receberam a delegação do CCILC-Macau liderada por Bernie Leong, presidente da câmara de comércio. As duas partes tiveram uma discussão aprofundada e trocaram pontos de vista sobre várias questões, incluindo como alavancar as vantagens únicas da plataforma entre a China e os Países de Língua Portuguesa (PLP), pode ler-se na mesma nota.

      Vincent U admitiu esperar que, através de comunicações regulares com a CCILC-Macau, o IPIM possa efectivamente oferecer serviços compatíveis para as empresas da China e dos PLP. “Espero que a CCILC-Macau possa servir de ponte para encorajar as empresas portuguesas com negócios em Macau a expandirem-se para a Zona de Cooperação Aprofundada Guangdong-Macau em Hengqin e outras cidades da Grande Baía”, notou, garantindo que o IPIM “continuará a prestar um apoio abrangente às empresas portuguesas interessadas em explorar o mercado continental, incluindo consultoria e análise profissional de negócios e aconselhamento sobre as províncias ou cidades do continente mais adequadas para expandir e exportar”.

      Recorde-se que o Complexo da Plataforma de Serviços para a Cooperação Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa estará operacional em meados de Outubro. Além de apresentar o papel de Macau como uma plataforma entre a China e os PLP, o desenvolvimento de várias áreas nos PLP e mostrar produtos e serviços em destaque nos PLP, a plataforma de serviços também albergará um local de actividades integradas e salas multifuncionais, referiu ainda o responsável do IPIM.

      Do lado do CCILC-Macau, Bernie Leong confidenciou que o organismo que preside está ansioso pelo 20.º Congresso Nacional do Partido Comunista Chinês, que será realizado em Outubro, mostrando fé “que os intercâmbios entre os países serão mais próximos e daí serão alcançados mais resultados”. Durante a discussão, os representantes da CCILC-Macau exprimiram ainda os seus pontos de vista e comentaram sobre questões relacionadas com a banca, finanças, medicina tradicional chinesa e o sector do vinho.

      Ponto Final
      Ponto Finalhttps://pontofinal-macau.com
      Redacção do Ponto Final Macau