Edição do dia

Sábado, 18 de Maio, 2024
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
nuvens dispersas
26.9 ° C
28.9 °
26.9 °
78 %
3.1kmh
40 %
Sáb
27 °
Dom
25 °
Seg
24 °
Ter
24 °
Qua
24 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      InícioSociedadeEsgotos de Macau são inspeccionados por sistema CCTV

      Esgotos de Macau são inspeccionados por sistema CCTV

      A ideia estava plasmada no relatório das Linhas de Acção Governativa para este ano e o Instituto para os Assuntos Municipais confirmou ao deputado Lam Lon Wai, em resposta a uma interpelação escrita deste, que já adjudicou o serviço. Ao mesmo tempo, introduziu de forma constante recursos e técnicas do mercado, a fim de suprir a escassez de recursos humanos e elevar a qualidade de limpeza e desentupimento de esgotos.

       

      O Instituto para os Assuntos Municipais (IAM) revelou, em resposta a uma interpelação escrita ao Governo do deputado da Assembleia Legislativa (AL) Lam Lon Wai, que já adjudicou o serviço de inspecção de esgotos por CCTV. A medida, referida no relatório das Linhas de Acção Governativa para 2022, “pretende reforçar a fiscalização da rede de escoamento” do território.

      O deputado, e igualmente, vice-presidente da Federação das Associações dos Operários de Macau (FAOM), mostra-se preocupado com a vigia de apenas 10 mil metros de esgotos, quando o território tem uma extensão de 486 km2, tem mais de 40 mil sumidouros e 71 estações elevatórias municipais, cujo trabalho de manutenção e limpeza é da responsabilidade do IAM, que está a enfrentar o envelhecimento dos trabalhadores e grande falta de recursos humanos

      O IAM explicou ainda que face ao problema do envelhecimento e da aposentação dos trabalhadores da linha de frente da limpeza de esgotos, “foram introduzidos recursos e técnicas do mercado, a fim de suprir a escassez de recursos humanos e elevar a qualidade de limpeza e desentupimento de esgotos, incluindo a adjudicação dos trabalhos da limpeza de rotina de esgotos, sumidouros, canalizações, estações elevatórias municipais, entre outros”.

      Ainda assim, o pessoal da área de saneamento do IAM vai focar-se em acompanhar os trabalhos urgentes e a supervisão dos trabalhos realizados por adjudicatários, acrescentou ainda a entidade, numa resposta assinada por O Lam, presidente substituta do IAM. “Com a conclusão dos dados relativos aos trabalhos de saneamento nos últimos anos, registou-se um balanço positivo, seja no controlo de recursos, seja no resultado da limpeza de esgotos.”

      O instituto público revela que adicionou, já este ano, a função do controlo do trabalho adjudicado de desentupimento de esgotos, com a optimização e expansão da aplicação de telemóvel interna, no qual “os trabalhadores da limpeza adjudicada de esgotos devem, através dessa aplicação, carregar imediatamente imagens, dados, durante o horário de trabalho”.

      Lam Lon Wai também se mostrou preocupado com as descargas ilegais das lojas de takeaway na rede pública de drenagem. O IAM referiu que continua a fiscalizar a situação, enviando pessoal para inspeccionar as lojas de takeaway. “Se se verificar qualquer descarga ilegal em estabelecimento de takeaway, os infractores serão autuados de acordo com as disposições vigentes. Por outro lado, no que diz respeito ao problema das descargas ilegais, o IAM vai rever as respectivas disposições em vigor e considerar aumentar a força sancionatória em relação à infracção, através de legislação específica, para combater tal situação”, rematou a entidade.

       

      PONTO FINAL