Edição do dia

Terça-feira, 18 de Junho, 2024
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
nuvens dispersas
29 ° C
29.9 °
28.9 °
94 %
4.1kmh
40 %
Ter
30 °
Qua
30 °
Qui
30 °
Sex
30 °
Sáb
30 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      InícioCulturaFestival de artes para crianças arranca em Julho e vai contar com...

      Festival de artes para crianças arranca em Julho e vai contar com grupos artísticos de todo o mundo

      Macau vai organizar, entre Julho e Agosto, a primeira edição do Festival Internacional de Artes para Crianças, que tem como objectivo promover o contacto com a arte e cultivar o interesse artístico desde cedo. O anúncio foi feito ontem por Leong Wai Man, presidente do Instituto Cultural (IC), após a reunião plenária do Conselho Consultivo para o Desenvolvimento Cultural.

      O Instituto Cultural (IC) anunciou ontem a organização da primeira edição do Festival Internacional de Artes para Crianças entre Julho e Agosto. Após a reunião plenária do Conselho Consultivo para o Desenvolvimento Cultural, Leong Wai Man, presidente do IC, explicou que o objectivo é “incentivar as famílias e as crianças a terem um contacto de perto, de múltiplas perspectivas e totalmente sensorial com a arte, cultivarem interesses artísticos desde cedo e alargarem os seus horizontes estéticos”.

      A organização deste festival estará a cargo do IC que irá contar com a colaboração das seis empresas de turismo e lazer integrado. O festival irá convidar grupos artísticos de todo o mundo e também de Macau, para apresentarem os seus “programas emocionantes” em vários locais da cidade, abrangendo actuações em palco, um festival de cinema, uma exposição de arte, uma feira do livro, instalações ao ar livre de grande escala, acampamentos artísticos, workshops, artes em festa e um musical apresentado pela primeira vez em Macau pelo Museu do Palácio, “de modo a criar uma festa artística multicultural para crianças, adolescentes e familiares”, diz o IC.

      Ontem, o IC falou também sobre a sua candidatura ao evento Cidades Culturais da Ásia Oriental 2025. Macau foi um dos seis locais finalistas, como foi anunciado há duas semanas. Segundo Leong Wai Man, Macau “recebeu elogios unânimes do júri pelo seu plano de construção urbana de excelência”. O resultado final dessa candidatura será anunciado posteriormente, mas os membros do Conselho Consultivo para o Desenvolvimento Cultural indicaram ontem que se Macau for a cidade escolhida, “isso iria acrescentar a Macau um novo ‘cartão de visita dourado'”, citando as palavras de Xia Baolong, director do Gabinete dos Assuntos de Hong Kong e Macau junto do Conselho de Estado.

      O IC aproveitou também para chamar a atenção para a nova versão da página electrónica de actividades de Macau “Enjoy Macao”, lançada este mês. A nova versão inclui sete categorias como Concertos e espectáculos Musicais, Eventos e Festividades, Actuações culturais, Exposições, Desportos e Lazer, Feiras de Comércio e Oficinas. Na aplicação móvel, estão também disponíveis três modos diferentes de exibição, podendo os utilizadores receber notificações sobre eventos futuros com base nas suas preferências, consultar informações sobre diversos eventos e adquirir os bilhetes, podendo ainda activar a sua localização, de modo a facilitar a recepção de informações sobre os eventos.

       

       

      André Vinagre

       

      Festival de artes para crianças arranca em Julho e vai contar com grupos artísticos de todo o mundo

       

      Macau vai organizar, entre Julho e Agosto, a primeira edição do Festival Internacional de Artes para Crianças, que tem como objectivo promover o contacto com a arte e cultivar o interesse artístico desde cedo. O anúncio foi feito ontem por Leong Wai Man, presidente do Instituto Cultural (IC), após a reunião plenária do Conselho Consultivo para o Desenvolvimento Cultural.

       

       

      O Instituto Cultural (IC) anunciou ontem a organização da primeira edição do Festival Internacional de Artes para Crianças entre Julho e Agosto. Após a reunião plenária do Conselho Consultivo para o Desenvolvimento Cultural, Leong Wai Man, presidente do IC, explicou que o objectivo é “incentivar as famílias e as crianças a terem um contacto de perto, de múltiplas perspectivas e totalmente sensorial com a arte, cultivarem interesses artísticos desde cedo e alargarem os seus horizontes estéticos”.

      A organização deste festival estará a cargo do IC que irá contar com a colaboração das seis empresas de turismo e lazer integrado. O festival irá convidar grupos artísticos de todo o mundo e também de Macau, para apresentarem os seus “programas emocionantes” em vários locais da cidade, abrangendo actuações em palco, um festival de cinema, uma exposição de arte, uma feira do livro, instalações ao ar livre de grande escala, acampamentos artísticos, workshops, artes em festa e um musical apresentado pela primeira vez em Macau pelo Museu do Palácio, “de modo a criar uma festa artística multicultural para crianças, adolescentes e familiares”, diz o IC.

      Ontem, o IC falou também sobre a sua candidatura ao evento Cidades Culturais da Ásia Oriental 2025. Macau foi um dos seis locais finalistas, como foi anunciado há duas semanas. Segundo Leong Wai Man, Macau “recebeu elogios unânimes do júri pelo seu plano de construção urbana de excelência”. O resultado final dessa candidatura será anunciado posteriormente, mas os membros do Conselho Consultivo para o Desenvolvimento Cultural indicaram ontem que se Macau for a cidade escolhida, “isso iria acrescentar a Macau um novo ‘cartão de visita dourado'”, citando as palavras de Xia Baolong, director do Gabinete dos Assuntos de Hong Kong e Macau junto do Conselho de Estado.

      O IC aproveitou também para chamar a atenção para a nova versão da página electrónica de actividades de Macau “Enjoy Macao”, lançada este mês. A nova versão inclui sete categorias como Concertos e espectáculos Musicais, Eventos e Festividades, Actuações culturais, Exposições, Desportos e Lazer, Feiras de Comércio e Oficinas. Na aplicação móvel, estão também disponíveis três modos diferentes de exibição, podendo os utilizadores receber notificações sobre eventos futuros com base nas suas preferências, consultar informações sobre diversos eventos e adquirir os bilhetes, podendo ainda activar a sua localização, de modo a facilitar a recepção de informações sobre os eventos.