Edição do dia

Sábado, 20 de Abril, 2024
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
trovoada com chuva
26.9 ° C
26.9 °
24.9 °
89 %
2.1kmh
40 %
Sáb
27 °
Dom
27 °
Seg
24 °
Ter
24 °
Qua
25 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      InícioSociedadeSSM apelam a rastreio a trabalhadores não-residentes por ocasião do Dia Mundial...

      SSM apelam a rastreio a trabalhadores não-residentes por ocasião do Dia Mundial da Tuberculose

      Apesar de em duas décadas os casos de tuberculose em Macau terem descido para metade, com uma taxa de incidência de 46,2 em cada 100 mil habitantes em 2023, os Serviços de Saúde tencionam continuar a ser vigilantes quanto aos casos ocultos da doença, apelando a que se agendem periodicamente radiografias de tórax dos trabalhadores não residentes e empregadas domésticas.

       

      Apesar dos bons resultados atingidos nas últimas duas décadas, os Serviços de Saúde (SSM) pretendem continuar a fazer da prevenção da tuberculose uma prioridade. O Dia Mundial da Tuberculose foi assinalado ontem, dia 24 de Março, com o lema “Sim! Nós podemos acabar com a TB”. A Organização Mundial de Saúde (OMS) pretende com a iniciativa continuar a sensibilizar os profissionais de saúde e populações para a prevenção e tratamento da tuberculose.

      Em Macau, nos últimos 20 anos a taxa de incidência da tuberculose diminuiu de 109,1 por 100 mil habitantes em 1998 para 46,2 por 100 mil habitantes em 2023, o que representa uma descida de 57,7%. Em 2023, dos 316 novos casos de tuberculose, cerca de 50% eram de idosos com idade igual ou superior a 65 anos, indicaram ainda os SSM em comunicado. No que diz respeito à eficácia da prevenção e tratamento, a taxa de sucesso do tratamento da tuberculose em Macau também se tem mantido num nível relativamente elevado: também nas últimas duas décadas, a taxa de sucesso do tratamento foi, em média, de 94,4%, um valor muito superior à taxa de sucesso exigida pela OMS, de 85%, destacaram os mesmos serviços. Relativamente aos casos de tuberculose multirresistente, a taxa de notificação em Macau mantém-se num nível baixo, de cerca de 2%, acrescentaram.

      Ainda assim, o rastreio e estratégias de prevenção continuam a ser aplicadas de forma rigorosa através de várias medidas prioritárias que os SSM quiseram divulgar em comunicado. Em primeiro lugar, todos os indivíduos de alto risco de tuberculose são alvo de rastreio lugar, ou seja, todas as pessoas com idade superior a 65 anos, doentes diabéticos, doentes sujeitos ao tratamento imunossupressor, doentes com SIDA, doentes com silicose, e ainda reclusos são submetidos a controlo regular de sintomas. No caso, em específico, dos utentes de lares de idosos e centros de reabilitação, a cada dois anos estes são ainda submetidos a um exame regular de radiografia do tórax, para além do rastreio de sintomas de forma regular.

      Outro objectivo contínuo das autoridades é o de reforçar a prevenção e controlo da tuberculose entre os trabalhadores e estudantes não residentes do território, sendo nesse sentido feito um incentivo às empresas e aos empregadores que agendem periodicamente radiografias de tórax para os seus trabalhadores, nomeadamente os trabalhadores não residentes e empregadas domésticas, a fim de detectar, o mais cedo possível, os casos ocultos de tuberculose.

      É ainda organizada de forma periódica várias palestras médicas junto dos sectores público e privado de saúde, empresas de serviços sociais, escolas, lares e associações de serviços sociais, razão pela qual este ano foram distribuídos cartazes de prevenção e infografias electrónicas junto das escolas, comunidades e empresas, bem como através dos meios de comunicação social, para que o público tenha mais conhecimentos sobre a tuberculose.

      De acordo com os dados estatísticos da OMS, em 2022, registaram-se 10,6 milhões de novos casos declarados em todo o mundo, e 1,3 milhões de pessoas morreram de tuberculose. Ao mesmo tempo, o mundo está a enfrentar a ameaça da tuberculose multirresistente.