Edição do dia

Sexta-feira, 19 de Abril, 2024
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
nuvens dispersas
26.8 ° C
27.9 °
26.5 °
89 %
8.8kmh
40 %
Sex
28 °
Sáb
28 °
Dom
25 °
Seg
24 °
Ter
26 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      InícioSociedadeConcluída estrutura principal da quarta ponte Macau-Taipa

      Concluída estrutura principal da quarta ponte Macau-Taipa

      Foi concluída na noite de terça-feira a obra da estrutura principal da quarta ponte Macau-Taipa, anunciou a Direcção dos Serviços de Obras Públicas. A obra começou a ser feita há cerca de quatro anos e as autoridades justificam o atraso com factores como a pandemia e o mau tempo.

       

      Cerca de quatro anos depois do início da construção da quarta ponte Macau-Taipa, foi concluída a estrutura principal na noite de terça-feira, anunciou a Direcção dos Serviços de Obras Públicas (DSOP).

      Recorde-se que as obras da quarta ponte marítima arrancaram em Março de 2020 e o contrato de adjudicação do empreendimento previa inicialmente a conclusão total da obra para Janeiro deste. Depois da conclusão da estrutura principal, começa agora a fase de execução de estruturas auxiliares da ponte. As autoridades explicam os atrasos na obra com a pandemia, impactos devidos ao mau tempo, a complexidade das condições geológicas, as restrições à navegação aérea, entre outros.

      No entanto, “com o esforço empenhado conseguiu-se ultrapassar as dificuldades e concluir com sucesso a estrutura principal da ponte, o que constitui um marco importante e faseado da Quarta Ponte Marítima Macau-Taipa”, lê-se no comunicado divulgado ontem pela DSOP.

      “Este sucesso constitui igualmente uma base sólida para o avanço dos trabalhos subsequentes relacionados com a prevenção da corrosão, impermeabilização e pavimentação de asfalto no tabuleiro, instalação de barreiras de segurança nas faixas de rodagem e de barreiras de protecção contra o vento, instalação e comissionamento dos sistemas de equipamentos electromecânicos, criando boas condições para a execução da obra”, acrescentam as autoridades.

      O ponto de partida da quarta ponte localiza-se no lado leste da Zona A dos Novos Aterros Urbanos, fazendo ligação com a ilha artificial do posto fronteiriço da ponte Hong Kong-Zhuhai-Macau, passando sobre o canal do porto exterior e o canal de Macau e finaliza na Zona E1 dos Novo Aterros Urbanos.

      Haverá ligação com o viaduto entre Zona A e Zona B dos Novos Aterros Urbanos e o viaduto do túnel da Colina de Grande Taipa. A ponte terá uma linha principal com um total de 3,085 quilómetros, com o troço acima do mar de cerca de 2,9 quilómetros de comprimento, será composta por dois vãos de navegação marítima com 280 metros de extensão. A ponte está projectada para ter oito faixas de rodagem nos dois sentidos, sendo que duas delas, no centro, servirão de faixas exclusivas para motociclos. A par disso, o tabuleiro da ponte também está dotado de espaços para a instalação das canalizações, tais como cabos eléctricos de alta tensão, condutas de gás combustível, tubagens de água da torneira, de água reciclada e de água para uso de bombeiros, bem como de telecomunicações, etc.

      A DSOP diz que a quarta ponte Macau-Taipa “poderá atenuar eficazmente a pressão de trânsito nas actuais três pontes, aumentar a capacidade de circulação rodoviária entre Macau, a Taipa e Coloane, articulando também as necessidades de trânsito devido ao desenvolvimento da Zona A dos Novos Aterros Urbanos”. Por outro lado, a DSOP reitera que várias empreitadas de obras de construção da rede viária na periferia dos pontos de partida e de chegada da Quarta Ponte Macau-Taipa – o Eixo Leste da Zona A, a Ligação do Posto Fronteiriço na Ilha Artificial, a Ligação de Pac On e a Ligação da Avenida Wai Long – serão concluídas no primeiro trimestre do corrente ano.