Edição do dia

Quarta-feira, 28 de Fevereiro, 2024
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
nuvens dispersas
15.3 ° C
17.9 °
13.2 °
72 %
4.1kmh
40 %
Qua
20 °
Qui
21 °
Sex
17 °
Sáb
15 °
Dom
19 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      Início Economia Depósitos e empréstimos de residentes caíram em Novembro

      Depósitos e empréstimos de residentes caíram em Novembro

      Os depósitos e empréstimos de residentes diminuíram em Novembro do ano passado, em comparação com o mês de Outubro, indicou a Autoridade Monetária de Macau (AMCM) nas estatísticas monetárias e financeiras referentes a Novembro.

      Os depósitos de residentes decresceram ligeiramente em comparação com o mês anterior, tendo atingido 707,5 mil milhões de patacas. Os depósitos de não-residentes cresceram 5,7%, tendo atingido 369,4 mil milhões de patacas. Por enquanto, os depósitos do sector público na actividade bancária cresceram para 202,1 mil milhões de patacas, representando um crescimento de 0,2%.

      Os empréstimos internos ao sector privado decresceram 0,5% em relação ao mês anterior, tendo atingido 544,8 mil milhões de patacas. Por outro lado, os empréstimos ao exterior cresceram 1,6%, tendo atingido 599,7 mil milhões de patacas. Como resultado, os empréstimos ao sector privado cresceram 0,6% em relação ao mês anterior, tendo atingido 1.144,6 mil milhões de patacas.

      Por outro lado, a AMCM diz também que, quando comparado com o mês anterior, a circulação monetária decresceu 0,3%, mas os depósitos à ordem cresceram 2,7%.

      No final de Novembro, o rácio entre empréstimos e depósitos de residentes decresceu do nível de 60,2% registado no final de Outubro para o nível de 59,9%. Por enquanto, o volume que incluiu o rácio empréstimos/depósitos de não-residentes decresceu do nível de 90,4% para o nível de 89,5%. Os activos correntes a calcular com base nos períodos de um mês e três meses contra os passivos situaram-se em 69,7% e 62,1%, respectivamente. Além disso, o rácio de crédito vencido cresceu do nível de 2,5% registado no final de Outubro para o nível de 2,6%.

       

      Ponto Finalhttps://pontofinal-macau.com
      Redacção do Ponto Final Macau