Edição do dia

Domingo, 3 de Março, 2024
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
nuvens dispersas
14.9 ° C
18.9 °
14.9 °
88 %
1.5kmh
40 %
Dom
20 °
Seg
22 °
Ter
23 °
Qua
24 °
Qui
19 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      Início Sociedade Cursos de boas maneiras à francesa para adultos e crianças no Sofitel

      Cursos de boas maneiras à francesa para adultos e crianças no Sofitel

      A Académie de Bernadac, empresa baseada em Xangai cuja especialidade é a formação em regras de etiqueta e bom comportamento social, está a colaborar com o hotel Sofitel com duas formações para adultos e os mais novos. No sábado, dia 13, entre as 9h e as 16h, a formação “Elegância Francesa Extraordinária”, que será leccionada por Guillaume Rué de Bernadac, irá introduzir os participantes a regras de conduta à mesa, à forma correcta de se participar numa degustação de vinho, de se escolher e combinar o vestuário, de se movimentar e caminhar, e de posar para fotografias. Os “segredos” da elegância à francesa e o comportamento aristocrático, comentou ainda a organização, são algo que “não se aprende num só dia”, e que é preciso desenvolver ao longo do tempo através de um “esforço constante”.

      Talvez seja por isso também que no dia seguinte, no domingo, a mesma empresa esteja a leccionar um curso destinado a crianças com mais de seis anos. Os pequenos “príncipes” e “princesas” têm de vir vestidos a rigor para participar nas aulas de boas maneiras à mesa, em situações sociais, ensinando-os a serem bons anfitriões e a saber dirigir-se publicamente de forma carismática. Segundo a Académie de Bernadac, “são precisas três gerações para se fazer um cavalheiro”, e por isso nunca é cedo demais começar a introduzir estas regras de conduta aos mais novos, se queremos que se tornem “excepcionais”.

      Tanto a formação para adultos como para crianças, que irão decorrer no restaurante Privé, no 6.º andar do hotel na Ponte 16, inclui um almoço francês. Os preços para os cursos de etiqueta rondam as 3.388 e as 4.388 patacas.

      Na página da empresa pode-se ler que o presidente da “Académie”, Guillaume Rué de Bernadac, se inspirou na sua família para criar estes cursos. A sua avó, Julienne de Bernadac, nascida em Marrocos, encantava-o com histórias sobre o seu pai e avô, que providenciaram educação francesa às crianças da corte real marroquina durante o reinado de Mohammed V, desde 1926. Guillaume Rué de Bernadac, depois de aprender o protocolo com a sua avó, quis trazer esses conhecimentos para a China, onde a sua academia tem prestado formação em embaixadas e empresas.

       

       

      Ponto Finalhttps://pontofinal-macau.com
      Redacção do Ponto Final Macau