Edição do dia

Quinta-feira, 22 de Fevereiro, 2024
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
nevoeiro
23.9 ° C
27.6 °
22.9 °
88 %
2.1kmh
75 %
Qui
24 °
Sex
21 °
Sáb
20 °
Dom
21 °
Seg
20 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      Início Cultura “Parar um Pouco”, exposição sobre o Macau antigo exibida em Palmela ...

      “Parar um Pouco”, exposição sobre o Macau antigo exibida em Palmela  

       

      Até dia 25 de Novembro vão estar expostas na galeria da Biblioteca Municipal de Palmela, em Portugal, diversas fotografias de Macau tiradas nos anos 70. O autor, Jorge Veiga Alves, que viveu em Macau entre 1986 e 1994, propõe através desta mostra intitulada “Parar Um Pouco”, que se pare para “rever o que se passou, pensar o que poderá vir a acontecer, reflectir, procurar evoluir como ser humano”, algo que diz ser algo porventura raro de conseguir fazer devido ao “rápido ritmo da vida actual”.

      Os momentos captados pela sua lente, argumentou no texto de apresentação da exposição, são únicos “pela tranquilidade e riqueza de sentimentos que traduzem”. Estes “momentos únicos na vida das pessoas retratadas” são, confessa, momento únicos para o fotógrafo.

      Jorge Veiga Alves, economista aposentado do Banco de Portugal trabalhando para o na altura o Instituto Emissor de Macau, Autoridade Monetária e Cambial de Macau (AMCM), dedicou-se a partir dos anos 70 à fotografia, documentando cenas urbanas e as gentes do território. Participando em exposições e apresentações audiovisuais de fotografia colectivas e individuais, fez ainda fotografia submarina e também trabalhou com fotografia digital.

      Entretanto, quem quiser conhecer o trabalho fotográfico de Jorge Veiga Alves pode também visitar a exposição online da Fundação Macau. “Memória de Macau” contém um arquivo permanente de fotografias antigas tiradas pelo antigo economista, divida em cinco secções: “vistas da cidade e das Ilhas”, “actividades económicas”, “imagens do dia-a-dia”, “festas e celebrações” e “lojas antigas”.

      O fotógrafo reuniu nesta exposição algumas das muitas fotografias que fez quando residiu neste território, entre 1986 a 1994, e quando o revisitou em 2005 e 2016. Na mesma página há ainda uma secção de três vídeos que reúnem as fotografias e as organizam por zonas distintas da cidade.

      Ponto Finalhttps://pontofinal-macau.com
      Redacção do Ponto Final Macau