Edição do dia

Terça-feira, 18 de Junho, 2024
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
nuvens dispersas
31.7 ° C
34.8 °
30.9 °
89 %
5.1kmh
40 %
Ter
32 °
Qua
31 °
Qui
30 °
Sex
30 °
Sáb
30 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      InícioUncategorizedCasinos terminam primeiro semestre do ano com receitas brutas de mais de...

      Casinos terminam primeiro semestre do ano com receitas brutas de mais de 80 mil milhões de patacas

      Nos primeiros seis meses do ano, os casinos a operar em Macau obtiveram receitas brutas de 80,1 mil milhões de patacas, indicou a Direcção de Inspecção e Coordenação de Jogos (DICJ). Este valor reflecte um aumento de 205% em comparação com o primeiro semestre do ano passado. Em Junho, as receitas dos casinos foram de 15,2 mil milhões de patacas, verificando-se uma descida ligeira face ao mês de Maio.

       

      Entre Janeiro e Junho deste ano, os casinos a operar em Macau facturaram 80,1 mil milhões de patacas, indicou no sábado a Direcção de Inspecção e Coordenação de Jogos (DICJ). Este valor acumulado revela um aumento de 205% face ao mesmo período do ano passado. No primeiro semestre de 2022, recorde-se, os casinos tinham conseguido apenas 26,2 mil milhões de patacas.

      Tal como nos anos anteriores, o Governo colocou a meta das receitas brutas de jogo de 2023 nos 130 mil milhões de patacas, o que significa que, com seis meses até o fim do ano, falta menos de meio caminho para se chegar ao objectivo.

      Os dados da DICJ mostram também que no mês de Junho as receitas de jogo caíram ligeiramente face ao mês anterior – esta foi a primeira queda desde Fevereiro. No mês passado, os casinos facturaram 15,2 mil milhões de patacas e em Maio tinham alcançado 15,5 mil milhões, valor recorde dos últimos três anos, desde o início da pandemia.

      Estes 15,2 mil milhões conseguidos no mês passado revelam um crescimento exponencial de 514% face ao mês de Junho do ano passado, quando as receitas foram apenas de 2,4 mil milhões.

      Apesar do crescimento significativo em comparação com o ano passado – altura em que ainda se faziam sentir os efeitos das medidas do Governo face à pandemia – os valores das receitas ainda não atingiram o nível de 2019. Em Junho de 2019, por exemplo, as receitas dos casinos foram de 23,8 mil milhões de patacas. Isso significa que os valores do passado mês de Junho equivalem a perto de 64% dos níveis que se verificavam em 2019.

      De forma acumulada, os valores estão ainda mais distantes. No primeiro semestre de 2019, os casinos já tinham acumulado 149,5 mil milhões de patacas, o que significa que o sector está agora a 53% dos valores obtidos antes da pandemia.

      Em 2022, recorde-se, as receitas brutas dos jogos de fortuna ou azar foram, no total, de 42,2 mil milhões de patacas. Este valor é o mais baixo desde que a Direcção dos Serviços de Estatística e Censos (DSEC) começou a compilar os dados das receitas anuais do sector do jogo, em 2004. Desde o início da pandemia e das restrições impostas pelas autoridades, as receitas dos casinos nunca ultrapassaram os 100 mil milhões de patacas anualmente. Em 2020, as receitas dos casinos foram de 63,9 mil milhões; em 2021 foram de 90,8 mil milhões. Em 2019, antes da pandemia, as receitas de jogo foram de 296 mil milhões de patacas.