Edição do dia

Quarta-feira, 19 de Junho, 2024
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
céu pouco nublado
29 ° C
29.9 °
28.9 °
94 %
3.6kmh
20 %
Ter
29 °
Qua
30 °
Qui
30 °
Sex
30 °
Sáb
30 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      InícioSociedadeUM e universidades europeias chegam a acordo sobre várias iniciativas de cooperação

      UM e universidades europeias chegam a acordo sobre várias iniciativas de cooperação

       

      Uma delegação da Universidade de Macau tem estado num périplo pela Europa à procura de parcerias e formas de cooperação. Em Portugal, por exemplo, a UM procurou fortalecer a cooperação e os intercâmbios em investigação e educação. De acordo com palavras proferidas pelo reitor Yongshua Song durante a viagem, a universidade local está empenhada na orientação de desenvolvimento de “estar enraizada em Macau, participando no desenvolvimento da Grande Baía, integrando-se na nação e internacionalizando-se”.

       

      A Universidade de Macau (UM) tem estado a explorar a colaboração no ensino e na investigação com diversas universidades europeias. Durante um périplo pela Europa, uma delegação da instituição de ensino superior local visitou as principais instituições. Em Portugal, por exemplo, o reitor da universidade, Yongshua Song, assinou acordos de cooperação estratégica com a Universidade de Coimbra e a Universidade do Porto “para fortalecer a cooperação e os intercâmbios em pesquisa e educação”.

      Durante as visitas efectuadas, Yongshua Song sublinhou que a UM está empenhada na orientação de desenvolvimento de “estar enraizada em Macau, participando no desenvolvimento da Grande Baía, integrando-se na nação e internacionalizando-se”. “A visita alcançou um avanço inicial na expansão do intercâmbio académico e da cooperação com as principais universidades”, referiu a UM em nota de imprensa.

      O reitor da UM admitiu ainda que “estes esforços não só fortaleceram a posição académica e a influência internacional da universidade, mas também apoiaram a diversificação económica de Macau através do desenvolvimento de talentos internacionais”. “No futuro, a UM fortalecerá a sua cooperação com instituições de ensino superior e instituições de investigação de topo, aumentará a sua capacidade de investigação e qualidade de ensino e contribuirá para o desenvolvimento de Macau e para o estabelecimento de uma zona de demonstração de educação internacional na área Grande Baía”, disse ainda.

      Recorde-se que Song acompanhou a secretária para os Assuntos Sociais e Cultura, Elsie Ao Ieong, na viagem que esta fez à Europa, com especial enfoque em Portugal. Aliás, com a Universidade de Coimbra, a UM assinou um acordo-quadro de cooperação estratégica, bem como um memorando de entendimento tripartido com a Universidade de Coimbra e a Universidade Renmin, da China continental.

      Com a assinatura do acordo, a UM e a Universidade de Coimbra elevaram a sua relação a uma parceria estratégica. “As duas universidades aprofundarão as suas investigações e colaboração académica em áreas-chave como inteligência artificial e robótica, neurociência, direito, negócios e relações internacionais; facilitar o intercâmbio de docentes; candidatar-se conjuntamente para o financiamento do projeto e hospedar palestras e conferências acadêmicas”, referiu a UM, acrescentando que, além disso, e sob o memorando de entendimento tripartido, “as três universidades concentrar-se-ão em áreas-chave, como direito e literatura, para realizar pesquisas colaborativas, facilitar o intercâmbio de alunos e professores e sediar seminários e reuniões de intercâmbio académico.

      Após a cerimónia de assinatura, o vice-reitor da UM, Rui Martins, apresentou os últimos desenvolvimentos da Aliança das Bibliotecas Académicas entre a RAEM e os Países de Língua Portuguesa, bem como os preparativos para o primeiro Fórum Internacional das Línguas Chinesa e Portuguesa e os resultados da tradução e publicação de clássicos jurídicos portugueses. O português também fez uma introdução às colaborações entre as duas universidades no desenvolvimento de talentos e pesquisa interdisciplinar inovadora, que se concentram nos campos da ciência do cérebro, bem como inteligência artificial e robótica.

      Por fim, na Universidade do Porto, a delegação de Macau foi recebida por José Castro Lopes, reitor em exercício. As duas partes assinaram um acordo-quadro de cooperação estratégica e um acordo de intercâmbio estudantil, a fim de elevar sua parceria a um nível estratégico e promover ainda mais o intercâmbio estudantil. No futuro, as duas universidades irão concentrar-se em áreas-chave como medicina, direito e português para fortalecer as colaborações no desenvolvimento de talentos, pesquisa e intercâmbio de alunos e professores.

      Além das universidades portuguesas, a UM visitou também instituições de ensino superior de referência em Barcelona, em Espanha, bem como em Berlim e Dresden, na Alemanha, para promover intercâmbios e colaborações em investigação e ensino, expandir a rede internacional da universidade e partilhar experiências no ensino superior desenvolvimento da educação.