Edição do dia

Quarta-feira, 19 de Junho, 2024
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
céu pouco nublado
29 ° C
29.9 °
28.9 °
94 %
3.6kmh
20 %
Ter
29 °
Qua
30 °
Qui
30 °
Sex
30 °
Sáb
30 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      InícioSociedadeDelegação de empresas tecnológicas do Brasil e de Portugal fez a sua...

      Delegação de empresas tecnológicas do Brasil e de Portugal fez a sua primeira paragem em Macau

      No âmbito da 3.ª edição da Beyond International Technology Innovation Expo, uma delegação de empresas de inovação tecnológica do Brasil e de Portugal veio a Macau. Durante a primeira paragem da viagem de três dias em Macau, a delegação visitou o Fórum de Macau, instituições de incubação locais, instituições do ensino superior, entidades de investigação científica e empresas jurídicas.

      Além disso, a Direcção dos Serviços de Economia e Desenvolvimento Tecnológico (DSEDT) também deu a conhecer à delegação o Centro de Cooperação e Intercâmbio de Ciência e Tecnologia entre a China e os Países de Língua Portuguesa, a fim de melhorar a sua compreensão do desenvolvimento da indústria tecnológica em Hengqin e em Macau.

      Da delegação faziam parte cinco instituições de incubação do Brasil e de Portugal, bem como por dez empresas destes dois países premiadas nas edições anteriores do “Concurso de Inovação e Empreendedorismo (Macau) para Empresas de Tecnologia do Brasil e de Portugal” e/ou com interesse em desenvolverem os seus negócios na China.

      As empresas organizaram uma exposição e um roadshow na 3.ª edição da Beyond International Technology Innovation Expo, entre os dias 10 e 11, sob a organização da DSEDT. No dia 12, a delegação visitou o Centro de Cooperação e Intercâmbio de Ciência e Tecnologia entre a China e os Países da Língua Portuguesa.

      Depois da visita a Macau, esta delegação deslocou-se ontem às cidades da Grande Baía, visitando bases de investigação científica, parques de ciência e inovação, instituições de incubação e empresas de renome da Zona de Cooperação Aprofundada em Hengqin, de Guangzhou e de Zhuhai, “com o objectivo de ajudar as empresas do Brasil e de Portugal a explorarem o mercado da Grande Baía e a promoverem o fluxo de recursos entre as indústrias chinesas e portuguesas, através da plataforma sino-lusófona”, lê-se no comunicado.

      Ponto Final
      Ponto Finalhttps://pontofinal-macau.com
      Redacção do Ponto Final Macau