Edição do dia

Domingo, 14 de Abril, 2024
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
nuvens dispersas
26.5 ° C
28.9 °
25.9 °
89 %
3.1kmh
40 %
Dom
27 °
Seg
27 °
Ter
27 °
Qua
27 °
Qui
28 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      InícioEconomiaEstudo revela melhoria nos serviços do sector de jogo, mas menos paciência...

      Estudo revela melhoria nos serviços do sector de jogo, mas menos paciência entre funcionários

      Registou-se uma melhoria em geral relativamente à qualidade de serviços prestados pelos funcionários do sector de jogo no ano passado, sendo a equipa mais simpática e proactiva comparando com anos anteriores. Mas os trabalhadores dos diversos departamentos dos casinos continuam a mostrar-se menos pacientes no atendimento dos jogadores durante três anos consecutivos, indicou a pesquisa realizada pela Associação de Estudo para Jogos de Macau após visitas a 12 casinos.

      O estudo anual relativo ao índice de serviços de jogo (Gaming Service Index ou GSI, na sigla inglesa) de Macau mostra que a qualidade do desempenho dos funcionários dos casinos locais no ano passado registou uma melhoria geral em comparação com o período homólogo dos últimos três anos. Contudo, os resultados deram ênfase à descida na classificação do índice de “tolerância”, mostrada nas atitudes dos funcionários em relação aos clientes dos casinos desde o início da pandemia em 2019.

      De acordo com os resultados divulgados na passada sexta-feira, citados pelo portal noticioso All About Macau, o GSI registado no quarto trimestre de 2022 fixou-se em 138 pontos, representando um aumento de 6,2% em relação a 2021 e 2020, altura em que o índice obteve, respectivamente, 130 pontos, bem como um crescimento de 22% face à época pré-pandemia em 2019, de 113 pontos.

      Esta pesquisa é conduzida anualmente, desde 2013, pela Associação de Estudo para Jogos de Macau, em cooperação com a SGS Hong Kong Ltd., sociedade de inspecção, teste e certificação, e com patrocínio da Fundação Macau. Segundo a associação, a investigação foi feita de forma incógnita por alegados clientes através de visitas presenciais a diversos casinos no território.

      A avaliação estabelece um ponto padrão de 100 pontos, visando analisar a qualidade de serviços por três categorias, incluindo o índice de “sorriso”, correspondente ao nível de simpatia dos funcionários; o índice “proactivo”, que avalia a atitude activa da equipa na abordagem de trabalho; e o índice de “tolerância”, referindo o nível de paciência dos funcionários de casino durante a interacção com os jogadores.

      Neste caso, o índice de “tolerância” entre os funcionários de casino cifrou-se em 99 pontos. Apesar de marcar uma melhoria ligeira em comparação com o do ano anterior, o resultado de 2022 foi igual ao de 2020, sendo inferior a 100 pontos na média padrão da avaliação, ao longo dos três anos da pandemia. É de salientar que o nível de “tolerância” foi de 112 pontos em 2019.

      Recorde-se que foram alvo do estudo os trabalhadores de sete departamentos em casinos, envolvendo os croupiers, os seguranças, o pessoal da tesouraria onde se fazem as trocas de fichas, do vestiário, do atendimento aos clientes, do serviço de transporte gratuito e da gestão de máquinas de jogo. Entre a equipa do sector de jogo de fortuna e azar, a avaliação do GSI dos croupiers aumentou 28% no ano passado face a 2019.

      Os índices de “sorriso” e “proactivo” dos trabalhadores mostraram avanços em relação aos últimos anos, e obtiveram, respectivamente, 160 pontos e 170 pontos em 2022, enquanto os indicadores foram de 146 pontos e 163 pontos no ano anterior, e 151 pontos e 150 pontos em 2020.

      É de salientar também que a realização da investigação foi procedida pelos clientes anónimos e decorreu no segundo semestre do ano passado devido aos impactos dos surtos epidémicos através de visitas a 12 casinos representativos das seis concessionárias de jogo situados na Península de Macau e no COTAI.

      Um total de 864 dados foram colectados, o que revelou ainda que o índice de serviço em geral dos funcionários de casinos no COTAI foi de 150 pontos, 16 pontos mais elevado do que aqueles registados na Península de Macau. Exceptuando o quarto trimestre do ano anterior, o desempenho dos serviços da equipa dos casinos no COTAI tem sido melhor em comparação com os casinos na Península, segundo os resultados.