Edição do dia

Segunda-feira, 17 de Junho, 2024
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
nuvens dispersas
27.9 ° C
29.9 °
27.9 °
94 %
4.6kmh
40 %
Dom
28 °
Seg
30 °
Ter
30 °
Qua
30 °
Qui
30 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      InícioSociedadeObras da estação elevatória da Bacia Norte do Patane arrancam no segundo...

      Obras da estação elevatória da Bacia Norte do Patane arrancam no segundo trimestre de 2023

      O Instituto para os Assuntos Municipais (IAM) planeia construir, por fases, a estação elevatória da Bacia Norte do Patane e os box-culverts a partir do segundo trimestre do próximo ano, aumentando a capacidade geral de drenagem de águas pluviais nestas zonas, anunciou a entidade em comunicado.

      A estação elevatória contém funções de intercepção de águas residuais, para efeitos de resolver o problema da poluição da água na costa da Bacia Norte do Patane. Por outro lado, acrescenta o IAM, a obra irá também ampliar o espaço costeiro ao longo da Rua do Comandante João Belo, criando uma zona de lazer marginal com uma área de mais de 2000 metros quadrados, no sentido de proporcionar à população um espaço de lazer diversificado.

      Para minimizar o impacto causado aos moradores e comerciantes destas zonas, as obras da estação elevatória da Bacia Norte do Patane e box-culverts serão divididas em três fases. O concurso das obras está previsto para o corrente ano e o início das obras da primeira fase para o 2.º trimestre de 2023, procurando-se a conclusão da construção de box-culverts no 2.º semestre do ano 2024, enquanto se prevê que a parte de construção civil da estação elevatória seja concluída em 2025, sendo posteriormente dada entrada na fase de testes e de ajustes, por forma a obter o melhor resultado de funcionamento.

      Uma vez que as obras se situam numa zona densamente povoada e próxima do dique, devido à grande influência da variação das marés, torna-se difícil a respectiva construção, pelo que o IAM irá elaborar um plano preparativo e, através de diversas medidas, coordenar bem os trabalhos com a Direcção dos Serviços para os Assuntos de Tráfego (DSAT), para controlar o andamento das obras, visando minimizar o impacto no trânsito. Tendo em conta a complexidade dos tubos e cabos subterrâneos na zona, o IAM irá coordenar com as concessionárias a realização de obras, no sentido de evitar escavações repetidas.

      Ponto Final
      Ponto Finalhttps://pontofinal-macau.com
      Redacção do Ponto Final Macau