Edição do dia

Sexta-feira, 12 de Agosto, 2022
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
céu pouco nublado
26.9 ° C
27.1 °
25.9 °
89 %
2.6kmh
20 %
Sex
28 °
Sáb
30 °
Dom
30 °
Seg
30 °
Ter
30 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      Início Grande China China continental baixa quarentenas para sete dias

      China continental baixa quarentenas para sete dias

      As autoridades do interior da China anunciaram ontem que vão aliviar as restrições de quarentena impostas a pessoas de contacto próximo com infectados e a quem tenha vindo do estrangeiro. Os dias de quarentena centralizada passam a ser sete e é necessário fazer ainda três dias de autogestão de saúde. Até aqui, eram impostos 14 dias de quarentena centralizada e mais sete dias de autogestão de saúde. Durante o período da quarentena, a frequência da realização dos testes também vai ser ajustada, sendo necessária a realização de teste no 1.º, 2.º, 3.º, 5.º e 7.º dias de isolamento centralizado e também no 3.º dia de autogestão de saúde.

      Por outro lado, as pessoas de contactos próximos por via secundária passam a realizar uma quarentena de sete dias em casa, sendo necessária a realização dos testes da Covid-19 no 1.º, 4.º e 7.º dias.

      Em relação à definição do nível de risco das várias zonas, foi também uniformizado o padrão de classificação de áreas de alto e médio risco, com base no surgimento de novos casos nos últimos sete dias. A área de alto risco sem novas infecções por sete dias consecutivos vai ser classificada como área de médio risco, e a área de médio risco sem novas infecções por três dias consecutivos tornar-se-á na área de baixo risco.

      Segundo o comunicado emitido pelo Conselho do Estado da República Popular da China, o alívio das restrições anti-epidémicas baseia-se na implementação total de uma nova orientação global de “prevenir casos importados e ressurgimento interno” e política de “zero Covid” que, segundo as autoridades chinesas, tem como objectivo “assegurar a vida e a saúde do povo chinês, aproveitando ao máximo as medidas de prevenção e controlo de epidemia e promovendo o desenvolvimento socio-económico”.

      Ponto Finalhttps://pontofinal-macau.com
      Redacção do Ponto Final Macau