Edição do dia

Quarta-feira, 7 de Dezembro, 2022
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
céu limpo
17.9 ° C
21.6 °
17.9 °
72 %
7.2kmh
0 %
Qua
19 °
Qui
22 °
Sex
22 °
Sáb
22 °
Dom
21 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      Início Sociedade Vacinas em stock chegam para todos, garante Leong Iek Hou

      Vacinas em stock chegam para todos, garante Leong Iek Hou

      Numa altura em que a taxa de vacinação ronda os 78%, os Serviços de Saúde revelaram que já administram 920 mil doses de Sinopharm e 200 mil de BioNTech. As autoridades divulgaram também que a taxa de vacinação em lares de idosos é de 41%.

       

      As autoridades sanitárias do território revelaram ontem, na conferência de imprensa do o Centro de Coordenação de Contingência do Novo Tipo de Coronavírus, que “há vacinas suficientes para toda a população”. “Adquirimos 1,3 milhões de doses da Sinopharm e 400 mil da BioNTech. Já administrámos 920 mil doses da primeira e 200 da segunda. Ainda restam vacinas, inclusive para as doses de reforço”, garantiu a chefe da Divisão de Prevenção e Controlo de Doenças Transmissíveis.

      Leong Iek Hou revelou que a taxa de vacinação das pessoas de 60 a 69 anos é de 64,4 por cento, 45,7 por cento das de 70 a 79 anos e 17,9 por cento das pessoas com mais de 80 anos, em comparação com os 75,4 por cento da taxa total de vacinação, mas continuou, pela segunda semana consecutiva, sem explicar do ponto de vista clínico, porque é que quem vem de Hong Kong, onde há actualmente um surto grave de Covid-19, apenas é obrigado a observação médica por 14 dias, e quem vem via Singapura ainda tem de se sujeitar a 21 dias.

      A médica admitiu também que o Governo ainda não escolheu o lugar para a construção de um hospital de campanha, mas já existem algumas ideias em mente. “Ainda não temos um plano confirmado, nem sabemos onde vai ser. Estamos a analisar o eventual espaço adequado que sirva para um hospital de campanha porque tem que ser distante da comunidade. Tem que ter um espaço amplo e que permita uma gestão de circuito fechado”, referiu Leong Iek Hou.

      O Instituto de Acção Social (IAS) revelou que 41% dos cerca de 100 mil idosos que vivem em lares de idosos no território já receberam pelo menos uma dose de vacina contra a Covid-19. O representante Choi Sio Um admitiu que a proporção aumentou após vários esforços de consciencialização e divulgação das autoridades para aumentar as taxas de vacinação junto da população idosa.

      Entre os 24 lares de idosos da cidade, 14 são lares subsidiados, com mais de 1.000 idosos que ainda não estão vacinados. De acordo com os dados revelados pelo IAS, apenas oito idosos foram avaliados pelos médicos como não podendo receber a vacina contra a doença.

      Dados relativos ao dia de ontem mostram que foram administradas até ao momento 1.123.724 doses de vacinas contra a Covid-19. 532.538 pessoas foram inoculadas, sendo que a primeira dose já foi administrada a 39.406 indivíduos e 372.215 pessoas estão totalmente imunizadas, com duas doses. 120.917 pessoas já foram vacinadas com a terceira dose. A percentagem da população vacinada com, pelo menos, uma dose da vacina, é de 77,96%. Nas últimas 24h, ocorreram 14 notificações de eventos adversos (14 eventos adversos ligeiros e nenhum grave, tendo sido 10 casos relacionados com a vacina inactivada da chinesa Sinopharm e quatro casos da vacina mRNA da germânica BioNTech). Desde o início do programa de vacinação em Macau que ocorreram 4.386 notificações de eventos adversos, tendo sido a sua maioria (4.374) considerados adversos ligeiros e apenas 12 graves.

       

      PONTO FINAL