Edição do dia

Quinta-feira, 29 de Fevereiro, 2024
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
nuvens dispersas
16.9 ° C
16.9 °
16.9 °
82 %
3.1kmh
40 %
Qua
18 °
Qui
21 °
Sex
17 °
Sáb
16 °
Dom
20 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      Início Lusofonia Presidente timorense manifesta confiança e orgulho nas forças de Defesa

      Presidente timorense manifesta confiança e orgulho nas forças de Defesa

      O Presidente da República timorense, Francisco Guterres Lú-Olo manifestou ontem confiança e orgulho nas Forças de Defesa do país, saudando a sua dedicação e espírito reformista, na cerimónia de tomada de posse de dois novos cargos. “As minhas palavras são de confiança: de confiança nas Forças Armadas e na sua hierarquia, de confiança no seu patriotismo e na sua dedicação ao país, de confiança no seu papel como instituição essencial da República, de confiança na sua capacidade profissional de que tem dado constantes provas; de confiança no seu espírito reformista e na consciência que tem das exigências da modernidade”, afirmou.

      Francisco Guterres Lú-Olo falava na cerimónia de tomada de posse dos novos vice-chefe do Estado-Maior General das Forças Armadas (CEMGFA) e do Chefe do Estado-Maior das Forças Armadas, respetivamente o major-general Calisto Santos Coli (Coliati) e comodoro Donaciano do Rosário da Costa Gomes (Pedro Klamar Fuik).

      A tomada de posse ocorreu depois de em 2 de Fevereiro o chefe de Estado ter dado posse ao cargo mais elevado das Forças de Defesa de Timor-Leste (F-FDTL), o tenente-general Falur Rate Laek, que sucedeu a Lere Anan Timur, agora um dos 16 candidatos às presidenciais de 19 de março.

      As novas nomeações, que tinham sido igualmente propostas pelo Governo timorense, pretendem, explicou, “dar continuidade ao processo de renovação das lideranças militares, para evitar descontinuidades ou incertezas contraproducentes, em prol da coesão e estabilidade das Forças Armadas”.

      Dirigindo-se a Coliati, o Presidente recordou-o como “um oficial prestigiado e detentor de uma considerável folha de serviços prestados à instituição militar”, destacando os “seus atributos e a sua determinação com que encara e exerce as missões que lhe são confiadas”.

      Ao mais jovem Klamar Fuik destacou o facto de ser “um oficial conceituado e de reconhecidas qualidades intelectuais e profissionais adequadas para ocupar o exigente cargo na direção do Estado-Maior Coordenador Conjunto e no aconselhamento, juntamente com o vice-CEMGFA, do Chefe do Estado-Maior General das Forças Armadas no exercício das suas funções”.

       

      Ponto Finalhttps://pontofinal-macau.com
      Redacção do Ponto Final Macau