Edição do dia

Quarta-feira, 28 de Fevereiro, 2024
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
nuvens dispersas
15.9 ° C
18.9 °
15.9 °
77 %
2.1kmh
40 %
Qua
20 °
Qui
21 °
Sex
17 °
Sáb
15 °
Dom
20 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      Início Economia Mais de 1,9 milhões de visitantes participaram nas cinco Semanas de Macau...

      Mais de 1,9 milhões de visitantes participaram nas cinco Semanas de Macau realizadas ao longo do ano

      A Semana de Macau em Chongqing terminou na segunda-feira e marcou também o fim desta série de campanhas que aconteceu em cinco cidades do interior da China. De acordo com um comunicado dos Serviços de Turismo (DST), estas cinco campanhas publicitárias de rua em grande escala atraíram a entrada de um total de 1,9 milhões de visitantes, enquanto o número acumulado de visualizações online foi de 550 milhões e o número de visitas através dos vários canais de promoção foi de 5,07 mil milhões de vezes. Estiveram presentes nos seminários de promoção um total de 640 participantes. Só em Chongqing registou-se a participação de 400 mil pessoas.

      O Instituto de Promoção do Comércio e do Investimento de Macau (IPIM), que também organizou os eventos, assinalou que a Semana de Macau em Chongqing, que se realizou entre os dias 2 e 6 de Dezembro, atraiu mais de 400 sessões de bolsas de contacto. Realizaram-se também dez conferências que tiveram como tema as convenções e exposições, o comércio e os países de língua portuguesa, tendo atraído a participação de mais de mil representantes do sector empresarial.

      A Semana de Macau é uma série de actividades de promoção de rua que contou com a participação de várias organizações empresariais e associações comerciais. As cinco cidades do interior da China escolhidas este ano foram Hangzhou, Nanjing, Xangai, Chengdu e Chongqing.

      Nas Semanas de Macau, foram apresentadas sessões de espectáculos culturais e artísticos, incluindo: canções interpretadas por cantores de Macau, danças do dragão e do leão, dança com efeitos de luz e dança, entre outros. Por outro lado, as seis grandes empresas turismo e lazer também participaram com  espectáculos de música e dança.

      A DST revelou que as autoridades já começaram a conceber e implantar planos de divulgação e acções promocionais para o próximo ano. Com o surto epidémico continua estável, a DST diz que vai continuar a levar a marca da Semana de Macau a outras províncias e cidades do interior da China, a fim de promover Macau como uma cidade segura e apropriada para visitar e as diversas atracções do “turismo +”.