Edição do dia

Quinta-feira, 22 de Fevereiro, 2024
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
neblina
21.5 ° C
23.9 °
20.9 °
100 %
3.1kmh
40 %
Qui
23 °
Sex
21 °
Sáb
20 °
Dom
21 °
Seg
20 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      Início Economia Maioria dos operadores de casinos em Macau com pior trimestre do ano

      Maioria dos operadores de casinos em Macau com pior trimestre do ano

       

      A maioria dos operadores de jogo em Macau registaram no terceiro trimestre os piores resultados do ano. Depois de perdas históricas em 2020 com os casinos em Macau a terminarem com uma quebra de 79,3% em relação ao ano anterior, os primeiros nove meses do ano corrente não chegam para cobrir as despesas dos resorts integrados. O número de visitantes em meados do ano parecia antever uma recuperação, ainda que tímida.

      Contudo, em Agosto, quatro casos da variante Delta detectados numa família levaram o Governo a avançar para a testagem em massa de toda a população e a dificultar a passagem fronteiriça com a China continental, única fronteira que Macau mantém, em parte, aberta.

      Já em Setembro, os números de visitantes voltaram a cair, após o território ter detectado casos de Covid-19 em funcionários de um hotel para quarentenas, as autoridades decretaram mais testagens em massa, encerraram todas as escolas, bares e discotecas e outros espaços públicos, apesar de o surto ter acabado por se limitar a uma dezena de casos.

      A operadora de jogo Sands China anunciou um prejuízo de 423 milhões de dólares no terceiro trimestre deste ano. A Melco Resorts & Entertainment, com quatro casinos em Macau, registou perdas de 232,2 milhões de dólares no terceiro trimestre do ano. A Sociedade de Jogos de Macau (SJM), com mais de 20 casinos no território, apresentou perdas de 1,2 mil milhões de dólares de Hong Kong de Julho a Setembro. A operadora de jogo em Macau Galaxy, com seis casinos anunciou ontem um EBITDA (lucros antes de impostos, juros, amortizações e depreciações) no terceiro trimestre de 55,9 milhões de euros. Esta operadora não divulgou os resultados líquidos à bolsa de Hong Kong.

      Os dois únicos operadores que não registaram o pior resultado trimestral (foi o segundo pior) foram a MGM China e o Wynn, sendo aqueles que menos casinos operam em Macau (dois, cada). A economia de Macau depende quase em exclusivo do turismo e do jogo em casino.

       

      Ponto Finalhttps://pontofinal-macau.com
      Redacção do Ponto Final Macau