Edição do dia

Quinta-feira, 29 de Fevereiro, 2024
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
nevoeiro
18.9 ° C
18.9 °
17.9 °
77 %
3.1kmh
40 %
Qui
21 °
Sex
17 °
Sáb
16 °
Dom
20 °
Seg
22 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      Início Cultura Festival Internacional de Curtas 2021 decorre entre 2 e 9 de Dezembro...

      Festival Internacional de Curtas 2021 decorre entre 2 e 9 de Dezembro no Teatro Capitol

      Joana Chantre

      O Festival Internacional de Curtas de Macau regressa este ano, no Teatro Capitol. Em exibição estarão 132 curtas de vários géneros cinematográficos, oriundas de Macau e de várias regiões e países. Haverá também tempo para conversas com realizadores e ‘masterclasses’ sobre a indústria.

       

      O Festival Internacional de Curtas de Macau vai ter início no dia 2 de Dezembro, no Teatro Capitol, e, até dia 9 de Dezembro, serão apresentadas sessões diárias, entre as 14h e as 21h30. O festival é organizado pelo Centro de Indústrias Criativas – Creative Macau e pelo Instituto de Estudos Europeus de Macau. Segundo a organização, este será um festival “de nível elevado” que estrutura “uma programação de um festival de curtas genuíno”, o que poderá originar “grande interesse no público”.

      De entrada gratuita, a cerimónia de abertura, no dia 2 de Dezembro, terá um longo programa, com um concerto, além da exibição de cinco filmes de ficção, dos quais quatro estarão a votação para o “Melhor Filme do Público’ de 2021.

      Este ano estarão em exibição 132 curtas, o que ue corresponde a 33 horas de cinema, com vários géneros cinematográficos, nomeadamente, ficção, documentário, animação e vídeos musicais internacionais e de Macau, que estarão disponíveis durante oito dias.

      Este festival vai-se centrar nas duas listas finalistas das competições internacionais “Shorts” e “Volume”, denominadas “Selecção Oficial”, que reúnem 113 curtas e seis vídeos musicais. Os filmes das sessões “Shorts” são os únicos que competem aos prémios do festival, nos quais o público poderá votar nos seus favoritos, nas categorias de ficção, documentário e animação, participando na escolha do Melhor Filme do Público de 2021. Finalmente, depois de apuradas as votações, os finalistas de ambas as competições de Macau apresentarão ao público o seu filme e projectos futuros após a exibição.

      No Festival Internacional de Curtas de Macau também haverá tempo para cinco ‘masterclasses’, sobre realização, produção, composição de bandas sonoras, argumento e empreendorismo. A secção “Cinema Expandido” vai incluir curtas-metragens convidadas de Espanha, China e Macau. “Cinema Moderno” e “Patuá Curtas” são duas categorias desta secção.

      Este ano foram recebidos 4.057 trabalhos, dos quais mais de dez de Espanha, Irão, Índia, Brasil, França, Itália, Estados Unidos, Portugal, Argentina e Reino Unido. Os trabalhos das listas designadas “Selecção Oficial” relativos às competições “Shorts”  e “Volume”, são provenientes da Argentina, Áustria, Bélgica, Brasil, Canadá, Chile, China, Colômbia, Coreia, Croácia, Egipto, Espanha, Estados Unidos, Estónia, França, Grécia, Hungria, Índia, Indonésia, Irão, Irlanda, Israel, Itália, Japão, Kosovo, Letónia, Líbano, Macau, Macedónia do Norte, Malásia, Marrocos, México, Noruega, Paquistão, Peru, Polónia, Portugal, Reino Unido, Rússia, Sérvia, Suíça, Taipé, Turquia, Ucrânia.

      Os painéis do júri vão estar representados em quatro categorias: o Grande Júri para o “Shorts”; o Grande Júri para o “Volume”; o Júri da Pré-seleção; e o Júri dos Prémios de Prestígio, que têm como representantes vários peritos e membros de instituições relevantes de Macau e do estrangeiro.

       

      PONTO FINAL

       

       

       

       

      Ponto Finalhttps://pontofinal-macau.com
      Redacção do Ponto Final Macau