Edição do dia

Quarta-feira, 19 de Junho, 2024
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
céu pouco nublado
29 ° C
29.9 °
28.9 °
94 %
3.6kmh
20 %
Ter
29 °
Qua
30 °
Qui
30 °
Sex
30 °
Sáb
30 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      InícioÁsiaCoreia do Norte envia 600 balões com lixo para Coreia do Sul

      Coreia do Norte envia 600 balões com lixo para Coreia do Sul

      A Coreia do Norte enviou para o outro lado da fronteira cerca de 600 balões com lixo, incluindo beatas de cigarros e plásticos, declarou ontem o exército sul-coreano.

       

      “A Coreia do Norte voltou a lançar balões cheios de lixo em direção à Coreia do Sul”, declarou o Estado-Maior das Forças Armadas em comunicado. “Foram identificados cerca de 600 balões, com 20 a 50 balões por hora a deslocarem-se no ar”, acrescentou.

      As autoridades sul-coreanas ameaçaram na sexta-feira adotar medidas contra a Coreia do Norte, caso o país vizinho continue com as “provocações irracionais”, como o envio destes balões com lixo. “Estamos a levar isto muito a sério, não vamos tolerar esse tipo de acções”, garantiu em comunicado o Ministério da Reunificação sul-coreano.

      Na quarta-feira, os meios de comunicação social tinham revelado o lançamento pela Coreia do Norte de balões cheios de lixo, papel higiénico e fezes de animais para o vizinho do Sul.

      Desde que a Guerra da Coreia (1950-1953) terminou num armistício e não num tratado de paz, o Norte e o Sul permanecem tecnicamente em guerra e estão separados por uma fronteira fortemente fortificada, incluindo a zona desmilitarizada.

      Activistas sul-coreanos lançam por vezes balões que contêm folhetos de propaganda contra o poder norte-coreano e dinheiro destinado às pessoas que vivem a norte da fronteira.

      Estes lançamentos há muito que despertam irritação em Pyongyang, possivelmente por temer que um influxo de informação externa, numa sociedade fortemente controlada, possa representar uma ameaça para aqueles que estão no poder.

       

      Kim Jong-un supervisionou disparos de sistema de lançador múltiplo de foguetes

       

      O líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, supervisionou testes de um sistema de lançamento múltiplo de foguetes, de acordo com fotografias publicadas pela agência de notícias oficial norte-coreana KCNA. As imagens mostram Kim, vestido com um casaco de cabedal castanho, ao lado de generais, a sorrir enquanto observa o que parece ser o lançamento simultâneo de 18 projécteis. O teste envolveu “subunidades muito grandes de lançadores múltiplos de foguetes”, informou a KCNA.

      Fotos dos exercícios mostram um lançador que Pyongyang diz ser capaz de disparar ogivas nucleares. As manobras são “uma oportunidade para demonstrar claramente as consequências” que os “rivais enfrentarão se provocarem” a Coreia do Norte, segundo a KCNA.

      Pyongyang “não hesitará em levar a cabo um ataque preventivo, invocando o direito à autodefesa a qualquer momento”, acrescentou a agência, acrescentando que os foguetes lançados “atingiram com precisão um alvo numa ilha a 365 quilómetros”.

      Analistas temem que a Coreia do Norte esteja a testar armas e a aumentar a produção antes de as enviar para a Rússia para serem utilizadas na guerra na Ucrânia, algo que o regime norte-coreano tem negado.

      Na quinta-feira, o exército da Coreia do Sul detetou o lançamento por parte de Pyongyang de cerca de dez mísseis balísticos de curto alcance, descrevendo a operação como “uma provocação”. O porta-voz do departamento de Estado dos EUA denunciou “um comportamento perigoso que representa uma séria ameaça para a península coreana”. Lusa

       

      Ponto Final
      Ponto Finalhttps://pontofinal-macau.com
      Redacção do Ponto Final Macau