Edição do dia

Sábado, 18 de Maio, 2024
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
nuvens dispersas
26.9 ° C
30.4 °
25.9 °
78 %
5.1kmh
40 %
Sáb
27 °
Dom
25 °
Seg
24 °
Ter
24 °
Qua
24 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      InícioSociedadeSugerida reparação e limpeza de estátuas e monumentos da cidade

      Sugerida reparação e limpeza de estátuas e monumentos da cidade

      António Monteiro, membro do Conselho Consultivo de Serviços Comunitários, sugeriu, na reunião do organismo que se realizou na quarta-feira passada, que o Governo preste mais atenção ao estado das estátuas e monumentos locais.

      Na sua intervenção, o membro do conselho começou por afirmar que “as estátuas e monumentos pertencentes de Macau fazem parte da memória e da identidade de todos os residentes, transmitindo também uma importante atracção turística cultural aos visitantes que visitam Macau”. “Com a mais recente reparação cuidada e de limpeza à estátua de Kun Iam e das Portas de Entendimento, vozes obtidas junto de residentes e de associações culturais locais sugerem que se possa equacionar esforços para proceder gradualmente a ligeiras reparações e de limpeza em alguns dos vários monumentos e estátuas em Macau”.

      Monteiro dá como exemplos de monumentos a precisar de limpeza e reparação a estátua de Jorge Álvares, que se situa na praça com o mesmo nome; a imagem de Nossa Senhora, no Jardim da Estrada D. Maria II; a estátua de Vasco da Gama, no Jardim Vasco da Gama; a estátua de Xian Xinghai, no NAPE; e monumento da Avenida do Dr. Rodrigo Rodrigues.

      Estes “são somente alguns exemplos citados de interesse público e com algum vestígio de pouca atenção na sua limpeza e de necessária preservação”, afirmou o membro, afirmando também que as autoridades devem efectuar um levantamento dos vários monumentos existentes em Macau para depois ser feita a sua reparação e limpeza, “evitando a sua degradação desnecessária e tornar estes monumentos ainda mais bem promovidos junto dos residentes e dos turistas, parte da memória e cultura de Macau, e também uma importante atracção cultural em Macau, bem como da prova da harmonia existente das relações entre Macau, China e Portugal”.