Edição do dia

Sábado, 25 de Maio, 2024
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
nuvens dispersas
26.4 ° C
28.2 °
25.9 °
94 %
4.1kmh
40 %
Sáb
27 °
Dom
26 °
Seg
27 °
Ter
29 °
Qua
25 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      InícioPolíticaChefe do Executivo exalta "gloriosa tradição do patriotismo"

      Chefe do Executivo exalta “gloriosa tradição do patriotismo”

      Na cerimónia de inauguração da Exposição sobre a Educação da Segurança Nacional, o Chefe do Executivo aproveitou para destacar a importância da segurança nacional e aquilo que considera ser a “gloriosa tradição do patriotismo” existente na região.

      Realizou-se ontem a cerimónia de inauguração da Exposição sobre Educação da Segurança Nacional. Na ocasião, o Chefe do Executivo proferiu um discurso para sublinhar a importância que as autoridades dão ao conceito de segurança nacional.

      Ho Iat Seng começou por lembrar que foi há dez anos que Xi Jinping apresentou a “Perspectiva Geral da Segurança Nacional”. Desde então, referiu agora o Chefe do Executivo, “sob a liderança inovadora e a orientação científica desta ‘Perspectiva’, o Governo da RAEM uniu todos os sectores sociais e melhorou, continuamente, em conjunto com eles, o sistema de segurança nacional da RAEM, coordenou proactivamente os trabalhos relativos à segurança e o desenvolvimento da RAEM, dedicando-se à construção de uma linha de defesa da segurança nacional forte, com vista à manutenção da prosperidade e da estabilidade a longo prazo de Macau”.

      O Chefe passou, então, a recordar os esforços da RAEM na preservação da referida segurança nacional: “Melhorámos o regime jurídico, o sistema e o mecanismo de implementação do trabalho de salvaguarda da segurança nacional da RAEM, cumprimos rigorosamente o princípio ‘Macau governada por patriotas’, consolidando a linha de defesa da segurança nacional forte em Macau”.

      Ao mesmo tempo, acrescentou o Chefe do Executivo, “o Governo da RAEM promoveu pragmaticamente a diversificação adequada da economia e optimizou continuamente os trabalhos relacionados com a vida da população; procurou integrar-se, de forma ainda mais proactiva, na conjuntura do desenvolvimento nacional, conseguiu alcançar novos sucessos na construção da Zona de Cooperação Aprofundada entre Guangdong e Macau em Hengqin; expandiu continuamente os intercâmbios e a cooperação com o exterior, enriquecendo o ‘um centro, uma plataforma e uma base'”.

      Na opinião do Chefe do Executivo, “no contexto da salvaguarda eficaz de segurança global, a prática de ‘um país, dois sistemas’ com características de Macau alcançou novos resultados e progressos, e a economia e a sociedade de Macau apresentam um novo ambiente e uma nova visão”.

      Uma vez que a “Perspectiva Geral da Segurança Nacional” foi publicada pelo Presidente chinês há dez anos, a exposição agora inaugurada em Macau tem como tema “Perspectiva Geral da Segurança Nacional, uma década guiada pela inovação”, e vai permitir aos residentes “rever de forma abrangente e compreender intimamente a ideia profunda e o significado importante” do documento. Além disso, vai permitir que se compreenda “plenamente a complexidade e a severidade da presente situação da segurança global, e os vários desafios e oportunidades enfrentados pelo País e pela RAEM na grande jornada da nova era, assim como permite conhecer de forma abrangente os resultados frutíferos alcançados pelo País e pela RAEM no âmbito da manutenção da segurança global ao longo dos últimos dez anos”, afirmou Ho.

      Ontem foram também entregues os prémios referentes aos concursos de composição e vídeo “A minha noção sobre a cibersegurança”. Nestes concursos, “os jovens alunos de Macau manifestaram, através de palavras ou vídeos, as suas ideias e opiniões, revelando o seu sentido de responsabilidade pela salvaguarda da segurança nacional”. Segundo o líder do Governo, foi também apresentada aquilo que considera ser a “tendência da transmissão de geração em geração da gloriosa tradição do patriotismo e do amor por Macau”.

      Este ano, salientou o Chefe do Executivo, “o Governo da RAEM e a população de Macau continuarão a cumprir plenamente o espírito consagrado no relatório do 20.º Congresso Nacional e nas ‘duas sessões’, convertendo melhor a ‘Perspectiva Geral da Segurança Nacional’ em acções concretas”.

      Ho assegurou também que será melhorado o mecanismo de segurança nacional, a qualidade e a eficácia da governação e será promovido o desenvolvimento da economia de Macau, bem como o bem-estar da população. O objectivo, disse o Chefe, é que “o sentido de ganho, felicidade e segurança dos residentes aumente, seja mais bem assegurado, durável, e o progresso da RAEM em todas as vertentes alcance um novo patamar, com vista a maiores contributos para a promoção abrangente do grande rejuvenescimento da nação chinesa com uma modernização de estilo chinês”.