Edição do dia

Sexta-feira, 24 de Maio, 2024
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
chuva fraca
25.8 ° C
25.9 °
25.4 °
94 %
4.1kmh
40 %
Qui
26 °
Sex
26 °
Sáb
26 °
Dom
28 °
Seg
29 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      InícioGrande ChinaMNE chinês avisa que tentativas de criar conflitos na Ásia - Pacífico...

      MNE chinês avisa que tentativas de criar conflitos na Ásia – Pacífico “não têm futuro”

      O Ministro dos Negócios Estrangeiros chinês, Wang Yi, advertiu ontem, após um encontro com o seu homólogo russo, Sergei Lavrov, em Pequim, que “qualquer tentativa de criar confrontos na Ásia – Pacífico não tem futuro”.

      Em conferência de imprensa após o encontro, Lavrov afirmou que um dos temas discutidos durante as reuniões foi a questão d e como “alcançar a paz e a estabilidade na Ásia – Pacífico”, apesar dos “esforços dos Estados Unidos para criar uniões políticas dirigidas contra a Rússia e a China”.

      De acordo com o ministro dos Negócios Estrangeiros russo, este comportamento de Washington é “contra os seus próprios interesses e contra os dos seus aliados”. “O mundo de hoje está longe de ser pacífico, há agitação e caos em muitas áreas”, disse Wang, que apelou à “defesa do verdadeiro multilateralismo, evitando qualquer tentativa de confronto na Ásia – Pacífico.

      Estas declarações surgem numa altura de tensão na região devido ao início iminente do mandato do líder eleito de Taiwan, William Lai (Lai Ching-Te), descrito como um “agitador” por Pequim, e às disputas territoriais entre a China e as Filipinas no Mar do Sul da China.

      Lavrov afirmou que a questão de Taiwan, ilha cuja soberania é reivindicada por Pequim, é um “assunto interno da China” e que qualquer intervenção externa é “intolerável”.

      Lavrov, que chegou à China na segunda-feira, encontra-se no país asiático para uma visita oficial de dois dias a convite de Wang e que, segundo a imprensa chinesa, poderá servir de prelúdio à primeira visita ao estrangeiro do Presidente russo, Vladimir Putin, após a sua reeleição, uma possibilidade avançada pelos órgãos de comunicação internacionais para o próximo mês de maio.

      Ponto Final
      Ponto Finalhttps://pontofinal-macau.com
      Redacção do Ponto Final Macau