Edição do dia

Sábado, 20 de Abril, 2024
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
trovoada com chuva
26.9 ° C
26.9 °
24.9 °
89 %
2.1kmh
40 %
Sáb
27 °
Dom
27 °
Seg
24 °
Ter
24 °
Qua
25 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      InícioSociedadeVisitas de japoneses a Macau recuperam quase metade do nível pré-epidémico

      Visitas de japoneses a Macau recuperam quase metade do nível pré-epidémico

      Mais de 22 mil turistas oriundos do Japão visitaram Macau nos primeiros dois meses do ano, um número cinco vezes superior ao registado no mesmo período do ano passado. O número foi ainda uma recuperação de 42% do nível de 2019. No âmbito da promoção de rua de Macau em Tóquio de três dias, que terminou ontem, o secretário para a Economia e Finanças Lei Wai Nong referiu que espera atrair mais visitas turísticas do Japão.

       

      Os dados preliminares das autoridades mostram que, em Janeiro e Fevereiro deste ano, o número de turistas japoneses que chegaram a Macau ultrapassou as 22 mil pessoas. Lei Wai Nong, secretário para a Economia e Finanças, assinalou que o número representa um aumento de perto de 400% em relação ao ano passado, ou seja, cinco vezes mais em comparação aos dois primeiros meses de 2023.

      No seu discurso proferido na cerimónia de abertura da promoção de rua em Tóquio, Japão, organizada pela Direcção dos Serviços de Turismo (DST), Lei Wai Nong revelou que os dados foram ainda uma retoma de 42% em relação aos valores registados em 2019, antes do surto epidémico.

      Em 2019, Macau recebeu perto de 300 mil visitantes do Japão, naquele que foi então o terceiro mercado internacional de visitantes de Macau. Nesse sentido, em média mensal, 25 mil turistas japoneses visitaram o território. Já no que diz respeito ao ano passado, foram registadas 75.155 entradas turísticas do Japão.

      A promoção de rua em Tóquio teve início na passada sexta-feira e prolongou-se por três dias consecutivos, tendo concluído ontem. Como evento promocional, as autoridades pretendem “mostrar a riqueza dos elementos de ‘turismo +’ de Macau, para atrair japoneses a visitar Macau e expandir o mercado de visitantes internacionais”.

      Além de Lei Wai Nong, presidiram à cerimónia de abertura do evento a directora geral do Gabinete de Tóquio do Governo Prefeitural de Quioto, Takako Shimazu, a chefe do Gabinete do Secretário para a Economia e Finanças do Governo da RAEM, Ku Mei Leng; a directora da DST, Maria Helena de Senna Fernandes, e outros representantes das autoridades e empresas japonesas.

      O evento decorreu perto da Estação de Tóquio, zona de elevada concentração comercial, “onde trabalham cerca de meio milhão de pessoas num raio de um quilómetro”, disse a DST. Nesta primeira promoção de rua organizada no Japão desde a pandemia, houve stands instalados pela Air Macau e pelas concessionárias para promover os seus produtos turísticos. Foi ainda convidada uma artista de uma banda japonesa para participar na abertura do evento para ajudar a aumentar o fluxo de pessoas.

      Neste âmbito, a DST garantiu a cooperação com as companhias aéreas para lançar descontos em bilhetes de avião entre Macau e o Japão, e também divulgar informações turísticas de Macau nas redes sociais da preferência de visitantes japoneses.

       

      DST DÁ AS BOAS-VINDAS A MACAU A 90 VISITANTES INTERNACIONAIS DE CRUZEIROS

       

      Cerca de 90 visitantes internacionais de cruzeiros chegaram ontem a Macau, tendo sido recebidos pela Direcção dos Serviços de Turismo (DST), numa cerimónia destinada a dar as boas-vindas a Macau no Terminal Marítimo de Passageiros do Porto Exterior. Os turistas de cruzeiros são oriundos dos Estados Unidos da América, Suíça, Canadá, Austrália, Inglaterra, Turquia e Laos, e chegaram a Macau via Hong Kong. Foram recebidos também pela mascote do turismo de Macau “Mak Mak”, e receberam lembranças da DST. Irão visitar em excursão o Centro Histórico de Macau, o Museu de Macau, a Torre de Macau, instalações dos grandes resorts, bem como apreciar a gastronomia de Macau. Segundo o organismo, 12 empresas internacionais de cruzeiros já colocaram à venda os pacotes de passeio a Macau, desde Janeiro deste ano, e os passageiros podem optar por recolher informações e adquirir os pacotes para participar em excursões a Macau, antes da partida, a bordo dos cruzeiros ou no porto à chegada a Hong Kong.