Edição do dia

Quarta-feira, 17 de Abril, 2024
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
nuvens dispersas
27.9 ° C
28.9 °
27.9 °
83 %
4.6kmh
40 %
Qua
28 °
Qui
29 °
Sex
28 °
Sáb
28 °
Dom
28 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      InícioEconomiaReserva financeira ganha 22,2 mil milhões em 2023

      Reserva financeira ganha 22,2 mil milhões em 2023

      A reserva financeira de Macau ganhou 22,2 mil milhões de patacas em 2023, após ter perdido quase quatro vezes mais no ano anterior, indicam dados ontem divulgados. No entanto, o valor continua longe do recorde de 669,7 mil milhões de patacas atingido em Fevereiro de 2021.

       

      A reserva financeira de Macau cifrou-se em 581,4 mil milhões de patacas no final de Dezembro, de acordo com informação publicada em Boletim Oficial pela Autoridade Monetária de Macau (AMCM).

      O resultado do ano passado representa uma melhoria significativa face a 2022, ano em que a reserva financeira perdeu 87 mil milhões de patacas, sobretudo com as transferências para o orçamento do Governo do território.

      No entanto, o valor permanece longe do recorde de 669,7 mil milhões de patacas atingido em Fevereiro de 2021.

      O valor da reserva extraordinária no final de Dezembro era de 399,4 mil milhões de patacas e a reserva básica, equivalente a 150% do orçamento público de Macau para 2023, era de 152,1 mil milhões de patacas.

      A reserva financeira de Macau é maioritariamente composta por depósitos e contas correntes no valor de 256,3 mil milhões de patacas, títulos de crédito no montante de 136,4 mil milhões de patacas e até 183 mil milhões de patacas em investimentos subcontratados.

      A AMCM sublinhou que os investimentos renderam à reserva financeira quase 29 mil milhões de patacas em 2023, correspondendo a uma taxa de rentabilidade de 5,2%, indicou a instituição, em comunicado.

      Mesmo no cenário de crise económica criada pela pandemia da covid-19, a reserva financeira de Macau tinha crescido em 2020 e 2021, apesar de o Governo ter injectado mais de 90 mil milhões de patacas no orçamento. Em 2023, as autoridades da região voltaram a transferir quase 10,4 mil milhões de patacas da reserva financeira para o orçamento público.

      A Assembleia Legislativa, recorde-se, aprovou em 7 de Novembro o orçamento da região para 2024, que prevê o regresso dos excedentes nas contas públicas, depois de três anos de crise económica devido à pandemia. A proposta de lei aprovada na generalidade prevê que Macau termine este ano com um saldo positivo de 1,17 mil milhões de patacas, “não havendo necessidade de recorrer à reserva financeira”. Lusa

      Ponto Final
      Ponto Finalhttps://pontofinal-macau.com
      Redacção do Ponto Final Macau