Edição do dia

Sábado, 20 de Abril, 2024
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
trovoada com chuva
26.9 ° C
26.9 °
24.9 °
89 %
2.1kmh
40 %
Sáb
27 °
Dom
27 °
Seg
24 °
Ter
24 °
Qua
25 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      InícioEconomiaNúmero de eventos MICE subiu 138% no ano passado

      Número de eventos MICE subiu 138% no ano passado

      Em 2023, o número de reuniões, conferências, exposições e eventos de incentivo (MICE, na sigla em inglês) foi de 1.139, verificando-se um aumento de 138,8% face a 2022. O número de participantes e visitantes fixou-se em 1,6 milhões, aumentando 12,7%, em termos anuais. Estes dois indicadores recuperaram 74,2% e 79,6% dos respectivos indicadores de 2019.

      Os dados foram revelados ontem pela Direcção dos Serviços de Estatística e Censos (DSEC), indicando também que, no ano passado, houve 1.058 reuniões e conferências, mais 163,2%, face a 2022 e o número de participantes (170.000) subiu significativamente 290,6%. O número de exposições manteve-se em 64 e o de visitantes (1.422.000) aumentou 3,3%, em termos anuais. Nas exposições participaram 7.199 expositores (mais 27,5%, em termos anuais) e 60.000 visitantes profissionais (mais 45,5%), sendo provenientes do exterior 51,6% e 57%, respectivamente. Realizaram-se 17 eventos de incentivo, mais seis, em termos anuais, e o número de participantes (11.000) cresceu 396,2%.

      A DSEC verificou também que se registaram 492 reuniões, conferências, exposições e eventos de incentivo sobre o tema “comércio e gestão” (43,2% do total), 172 sobre o tema “informática e tecnologias” (15,1% do total) e 130 sobre o tema “saúde” (11,4% do total). Em termos do número de participantes e visitantes, 1.309.000 (81,7% do total) estiveram nas reuniões, conferências, exposições e eventos de incentivo sobre o tema “comércio e gestão”, mais 7,5%, em termos anuais.

      As receitas dos ramos de actividade económica não jogo provenientes dos eventos de convenções e exposições atingiram aproximadamente 6,2 mil milhões de patacas em  2023, quase o triplo em comparação com as de 2022. Em comparação com 2019, o número de participantes e visitantes dos eventos registados ainda não recuperou completamente, no entanto, as receitas em análise recuperaram praticamente o nível de 2019, graças ao crescimento da despesa per capita dos visitantes que participaram em convenções e exposições, assinala a DSEC.

      Ponto Final
      Ponto Finalhttps://pontofinal-macau.com
      Redacção do Ponto Final Macau