Edição do dia

Quarta-feira, 17 de Abril, 2024
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
nuvens dispersas
27.9 ° C
28.9 °
27.9 °
83 %
4.6kmh
40 %
Qua
28 °
Qui
29 °
Sex
28 °
Sáb
28 °
Dom
28 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      InícioLusofoniaPresidente de Timor-Leste felicita Prabowo Subianto por vitória nas presidenciais da Indonésia

      Presidente de Timor-Leste felicita Prabowo Subianto por vitória nas presidenciais da Indonésia

      O Presidente de Timor-Leste, José Ramos-Horta, felicitou ontem Prabowo Subianto pela vitória nas presidenciais da Indonésia e deixou o convite para que o futuro chefe de Estado visite o país o “mais rapidamente possível”. O actual ministro da Defesa indonésio, Prabowo Subianto, reclamou a vitória na primeira volta das eleições presidenciais da Indonésia realizadas na quarta-feira, com base em sondagens efetuadas à boca das urnas.

      Numa mensagem nas redes sociais, José Ramos-Horta refere que falou ontem ao telefone com Prabowo Subianto e que ambos se comprometeram a “trabalhar para expandir as excelentes ralações existentes”. “O Presidente Ramos-Horta convidou o Presidente eleito Prabowo a visitar Timor-Leste o mais rapidamente possível, mesmo antes de ser formalmente empossado como Presidente”, pode ler-se na mensagem, que refere que o futuro Presidente da Indonésia também fez um convite ao seu homólogo timorense.

      José Ramos-Horta disse ainda que os dois países têm “excelentes relações” e que cooperam em diversas áreas e que a Indonésia tem apoiado Timor-Leste na adesão à Associação das Nações do Sudeste Asiático.

      A Indonésia tem também apoiado Timor-Leste na formação e capacitação de jovens, funcionários públicos, polícia, militares e estudantes, através da atribuição de bolsas de estudo, sublinhou o Presidente timorense.

      Prabowo, 72 anos, era apontado como favorito para suceder a Joko Widodo na Presidência da terceira maior democracia do mundo, depois da Índia e dos Estados Unidos. Segundo as projecções, Prabowo conseguirá perto de 60% dos votos, contra 24% do antigo governador de Jacarta Anies Baswedan e 16% do antigo governador de Java Central Ganjar Pranowo. “Apesar de estarmos gratos, devemos ser humildes e não arrogantes”, disse Prabowo, referindo que o resultado final ainda estava a ser contabilizado pela Comissão Eleitoral.

      Com mais de 50% dos votos, Prabowo deverá tornar-se Presidente da Indonésia para os próximos cinco anos, o país com maior população muçulmana do mundo e membro das 20 maiores economias (G20). Terá como vice-presidente o filho de Joko Widodo, que cumpriu dois mandatos consecutivos na Presidência e não pôde concorrer de novo por imperativos constitucionais.

      Prabowo era o único candidato com ligações à ditadura de Suharto (1967-1998), altura em que era tenente-general. Tem sido criticado por alegados abusos de direitos humanos em Timor-Leste e na Papua, bem como pela tortura de ativistas indonésios pró-democracia.

      Ponto Final
      Ponto Finalhttps://pontofinal-macau.com
      Redacção do Ponto Final Macau