Edição do dia

Segunda-feira, 26 de Fevereiro, 2024
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
nuvens dispersas
13.9 ° C
15.9 °
13.9 °
72 %
5.7kmh
40 %
Dom
16 °
Seg
19 °
Ter
20 °
Qua
20 °
Qui
21 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      Início Cultura Abriram inscrições para planos de subsídios à produção cinematográfica local

      Abriram inscrições para planos de subsídios à produção cinematográfica local

      O Fundo de Desenvolvimento da Cultura (FDC) acaba de anunciar a abertura de dois planos de apoio à cinematografia local, com candidaturas a poderem ser entregues até 29 de Novembro, e sem limite à quota de apoio financeiro. O “Plano de subsídio à divulgação e distribuição de obras cinematográficas e televisivas com elementos de Macau” e o “Plano de subsídio à filmagem cinematográfica e televisiva em Macau” visam incentivar a produção de obras cinematográficas e televisivas com elementos de Macau, para que estas entrem no mercado e reforcem “a reputação internacional” da cidade. Os tipos de obras a financiar no âmbito dos dois Planos incluem telenovelas, filmes, documentários, programas de variedades, vídeos musicais e publicitários, e excluem obras de animação, esclareceu o FDC em nota. Dá-se prioridade aos cineastas que escolham temas e locais de Macau, incluindo detalhes como gastronomia local, paisagem urbana, lendas, alusões, história e cultura, ou ainda personalidades de Macau.

      Os beneficiários seleccionados irão ainda receber apoio em termos de participação em festivais de cinema e exibições públicas, com auxílio em termos de distribuição nos círculos cinematográficos e actividades promocionais. Quanto ao primeiro plano, o mesmo organismo indicou ainda que serão aceites candidaturas apresentadas por entidades privadas de Macau ou do exterior, desde que estas sejam detentores dos direitos autorais das obras candidatas. O valor máximo a conceder é de 80% das despesas orçamentais para a divulgação e distribuição, até 250 mil patacas.

      Relativamente ao “Plano de subsídio à filmagem cinematográfica e televisiva em Macau”, este tem por objectivo atrair equipas estrangeiras para filmarem e promoverem a cidade. Apenas serão aceites projectos estrangeiros que ainda não tenham sido filmados em Macau, sendo dirigidos por equipas de filmagem estrangeiras, as quais terão de vir ao território para a respectiva filmagem durante, no mínimo, três dias. O valor máximo a conceder é de 40% das despesas orçamentais para a realização da filmagem em Macau, e até 2 milhões de patacas.

      Está prevista uma sessão de esclarecimento de dúvidas sobre estes planos e candidaturas no dia 4 de Março, às 15, no 7º andar do Edifício Centro Comercial Cheng Feng, na Alameda Dr. Carlos d’Assumpção.

      Ponto Finalhttps://pontofinal-macau.com
      Redacção do Ponto Final Macau