Edição do dia

Quinta-feira, 22 de Fevereiro, 2024
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
neblina
21.9 ° C
25.4 °
20.9 °
100 %
3.1kmh
75 %
Qui
23 °
Sex
21 °
Sáb
20 °
Dom
21 °
Seg
20 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      Início Sociedade Mais de 1.300 alunos de Macau admitidos nas universidades do interior da...

      Mais de 1.300 alunos de Macau admitidos nas universidades do interior da China

      A Direcção dos Serviços de Educação e de Desenvolvimento da Juventude (DSEDJ) informou que a admissão conjunta dos alunos recomendados de Macau pelas instituições regulares de ensino superior do interior da China conta, em 2024, com a participação de 114 instituições de ensino superior do continente, que oferecem 1.367 vagas para admissão recomendada e de 1.447 finalistas do corrente ano lectivo, recomendados por 44 escolas secundárias de Macau, que realizaram o exame de admissão, com um total de 1.305 alunos recomendados admitidos.

      De modo a permitir que os alunos de Macau que vão prosseguir em breve os seus estudos nas instituições de ensino superior do interior da China possam dominar e conhecer a cultura da aprendizagem, a vida e as informações sobre as instituições de ensino superior do continente, preparando-se, assim, para o acesso ao ensino superior, a DSEDJ organizou, com a realização da Associação de Nova Juventude Chinesa de Macau, a “Sessão de partilha de experiências e informações sobre o prosseguimento de estudos no interior da China destinada a estudantes recomendados”, que se realizou na passada sexta-feira, no Auditório da Escola São Paulo. Participaram nesta iniciativa mais de mil alunos recomendados admitidos pelas instituições de ensino superior do interior da China, segundo as autoridades.

      Nesta sessão de partilha foram apresentados os procedimentos de candidatura às bolsas de mérito e de estudo para o ensino superior e os desafios e as oportunidades que irão encontrar durante a sua deslocação ao continente para prosseguirem os seus estudos. Além disso, 83 alunos recomendados que frequentam presentemente 57 instituições de ensino superior do interior da China, provenientes de 18 províncias e cidades, realizaram intercâmbio e interacções com os novos alunos recomendados.

      Ponto Finalhttps://pontofinal-macau.com
      Redacção do Ponto Final Macau