Edição do dia

Segunda-feira, 26 de Fevereiro, 2024
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
nuvens dispersas
13.9 ° C
15.9 °
13.9 °
72 %
5.7kmh
40 %
Dom
16 °
Seg
19 °
Ter
20 °
Qua
20 °
Qui
21 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      Início Cultura UM apresenta exposição com pinturas de Monet e outros impressionistas franceses

      UM apresenta exposição com pinturas de Monet e outros impressionistas franceses

      Inaugura esta sexta-feira, dia 2, no museu de arte da Universidade de Macau, uma exposição dedicada ao impressionismo francês e às pinturas de paisagens de Macau. Das cerca de 130 obras, figuram trabalhos de mestres como Claude Monet, Gustave Courbet e Théodore Géricault.

       

      “With The Sunshine, Across The Sea: From French Impressionism to Landscape Paintings of Macao” é o título da exposição de pintura que entre os dias 2 de Fevereiro e 5 de Maio vai trazer à cidade pinturas da autoria de grandes mestres do Impressionismo e Realismo francês, como Claude Monet, Gustave Courbet e Théodore Géricault.  Com inauguração marcada para esta sexta-feira às 16h, a exposição conta com cerca de 130 telas que vão adornar as paredes do museu de arte da Universidade de Macau, na Biblioteca Wu Yee Sun do campus em Hengqin. Para além das icónicas pinturas a óleo alusivas às paisagens da Normandia e ao famoso Mont Saint Michel, na exposição também vai ser possível contemplar fotografias contemporâneas, numa proposta que a UM garante vir a ser “um festim visual” para a cidade. Parte da mostra terá ainda uma secção onde se poderá ver trabalhos de André Hambour, neo-impressionista do séc. XX, e clássicos da pintura paisagista de Macau, com trabalhos de autores chineses e ocidentais como George Smirnoff, Luís Luciano Demée, e Kwok Se.

      Com a curadoria do departamento de Artes e Design e da biblioteca da UM, a exposição foi organizada pelo museu de arte desta universidade, e em colaboração com a Association Peindre en Normandie, Les Franciscaines in Deauville, e Ardi Photographies. A iniciativa conta ainda com o apoio do Instituto Cultural e o Museu de Arte de Macau.

      No dia da abertura da exposição está ainda prevista uma palestra pelo responsável pelo departamento de Artes e Design da Faculdade de Artes e Humanidades, Li Jun. Este irá abordar a temática das “Paisagens sob perspectivas do Ocidente e Oriente”. Esta palestra, de entrada gratuita, e em Mandarim, vai decorrer no auditório da biblioteca da UM a partir das 16h30. Tomando as obras expostas como exemplo, Li Jun irá reflectir sobre “como os meios contrastantes da água e do óleo sofrem uma reacção química mágica, e dão origem a um efeito harmonioso”, um contraste que este diz ser “semelhante à convergência das culturas oriental e ocidental em Macau”. A palestra pretende assim incitar os presentes a apreciar “a singularidade e a estética inerentes às pinturas impressionistas francesas e pinturas de paisagens de Macau”, referiu ainda a organização em nota.

      A UM recorda que a exposição “With The Sunshine, Across The Sea: From French Impressionism to Landscape Paintings of Macao” pode ser visitada todos os dias entre as 10h e as 19h, excepto durante os primeiros três dias do Ano Novo Chinês.

      O movimento impressionista surgiu no século XIX, em França, e deve o seu nome à obra “Impressão: nascer do sol”, da autoria de Claude Monet datada de 1872. Libertando-se das regras do romanticismo e neo-classicismo vigentes na altura, os autores impressionistas elegeram a luz e o movimento como as ferramentas para captar as suas “impressões sensoriais” das cores e formas visualizadas, quebrando com as regras estéticas antecedentes.