Edição do dia

Segunda-feira, 26 de Fevereiro, 2024
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
nuvens dispersas
13.9 ° C
15.9 °
13.9 °
77 %
6.2kmh
40 %
Dom
15 °
Seg
19 °
Ter
19 °
Qua
20 °
Qui
22 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      Início Ásia Filipinas e Vietname concordam em cooperar no disputado Mar do Sul da...

      Filipinas e Vietname concordam em cooperar no disputado Mar do Sul da China

      As Filipinas e o Vietname assinaram ontem um acordo sobre prevenção e gestão de incidentes no disputado Mar do Sul da China, durante a visita do Presidente filipino, Ferdinand Marcos Jr., a Hanói. Vários países do sudeste asiático estão envolvidos em disputas marítimas com a China, que reivindica a soberania sobre praticamente todo o Mar do Sul da China, uma das vias navegáveis mais importantes do mundo. Os confrontos entre navios chineses e filipinos intensificaram-se no último ano, nas águas disputadas, alimentando o receio de um conflito mais vasto. Filipinas e Vietname concordaram ontem em aumentar a coordenação sobre questões marítimas e trabalhar para promover a confiança, afirmou o governo filipino num comunicado. Não foram divulgados pormenores sobre as medidas a tomar no âmbito do acordo. “O Vietname continua a ser o único parceiro estratégico das Filipinas na região da ASEAN (Associação das Nações do Sudeste Asiático)”, afirmou Marcos durante uma reunião com o seu homólogo vietnamita, Vo Van Thuong. Acrescentou que, embora a cooperação marítima fosse a “base” desta parceria, as relações entre as duas nações tinham-se alargado. Os dois países também assinaram ontem um acordo para que o Vietname forneça às Filipinas entre 1,5 e 2 milhões de toneladas métricas de arroz por ano a preços acessíveis.

      O arroz vietnamita representa 85% do arroz importado pelas Filipinas e os dois países concordaram em criar um quadro para garantir um abastecimento estável. A escassez de arroz no ano passado, agravada pelas alterações climáticas e pelo facto de alguns dos principais produtores terem suspendido as exportações, provocou uma subida dos preços a nível mundial, incluindo nas Filipinas. Marcos, que chegou a Hanói na segunda-feira, também se encontrou com Pham Nhat Vuong, o homem mais rico do Vietname e presidente do conglomerado Vingroup, que gere a empresa de veículos elétricos Vinfast. Após a reunião, a Vinfast afirmou que vai abrir uma rede de negócios de veículos eléctricos nas Filipinas e que o investimento teria início ainda este ano. Os planos da VinFast para se expandir nas Filipinas fazem parte do seu objetivo de vender veículos elétricos em 50 mercados em todo o mundo. A empresa está a construir uma fábrica de veículos eléctricos no valor de 4 mil milhões de dólares na Carolina do Norte, nos Estados Unidos, onde a produção deve arrancar este ano. A empresa também afirmou que vai construir fábricas na Indonésia e na Índia.

       

      Ponto Finalhttps://pontofinal-macau.com
      Redacção do Ponto Final Macau