Edição do dia

Terça-feira, 25 de Junho, 2024
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
nublado
29.8 ° C
29.8 °
29.8 °
83 %
6.2kmh
100 %
Ter
30 °
Qua
30 °
Qui
30 °
Sex
30 °
Sáb
30 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      InícioSociedadeAmbientalista lança petição online contra a construção da Ilha Ecológica

      Ambientalista lança petição online contra a construção da Ilha Ecológica

      O ambientalista Joe Chan lançou uma petição online para defesa de ecossistemas marinhos de Macau, solicitando em particular a suspensão do projecto da Ilha Ecológica, nomeadamente no aterro das águas a Sul de Coloane. A petição intitulada “Stop landfilling our ocean, please save dolphin’s life” está em recolha de assinaturas no site Change.org.

      Na nota justificativa da petição, o activista ambiental manifestou uma posição clara de oposição ao plano do Governo de aterrar uma zona marítima no Sul de Coloane, exortando que se transforme a área numa zona de conservação marítima.

      A construção de uma ilha ecológica está prevista no actual documento de consulta do “Zoneamento Marítimo Funcional” e “Plano das Áreas Marítimas”, lançado pela Direcção dos Serviços de Assuntos Marítimos e de Água (DSAMA). A ilha, que se localizará perto da Praia Hac Sá, será destinada à deposição de resíduos de construção.

      O plano “irá definitivamente prejudicar os ecossistemas marinhos, agravar a poluição da qualidade da água das praias, o que é perigoso para a saúde dos banhistas e desportistas aquáticos, destruindo ainda o habitat dos raros golfinhos cor-de-rosa”, criticou o presidente da Green Students Union.

      Joe Chan lamentou ainda o facto de que o Governo disponibiliza apenas 50 dias para a consulta pública sobre a política que “implica danos permanentes em recursos marinhos preciosos”, e que, simultaneamente, a política não sugere nenhuns dados científicos nem tem uma avaliação do impacto ambiental. “Se mantivermos o silêncio hoje, o nosso oceano ficará calado no futuro, e restará um mar e praias sem vida e cheios de lixo”, lamentou o ambientalista.