Edição do dia

Quinta-feira, 29 de Fevereiro, 2024
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
nuvens dispersas
14.9 ° C
14.9 °
14.9 °
77 %
8.8kmh
40 %
Qui
15 °
Sex
16 °
Sáb
14 °
Dom
20 °
Seg
21 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      Início Política Macau deve "mostrar ao exterior a civilização avançada e a coexistência harmoniosa...

      Macau deve “mostrar ao exterior a civilização avançada e a coexistência harmoniosa da China”

      A intervenção antes da ordem do dia de Chan Hou Seng também versou sobre o patriotismo, nomeadamente sobre a formação de sucessores para as “causas patrióticas”. Na sua intervenção, o deputado nomeado descreveu a implementação do princípio “um país, dois sistemas” em Macau como “um sucesso para a China” e também “um modelo inovador de governação”. Assim, pediu: “Devemos ainda persistir em fazer bem o intercâmbio cultural com o país e com o exterior, aprofundar a aprendizagem entre as civilizações e contar bem as histórias da China e de Macau, aproveitando Macau como janela para mostrar ao exterior a civilização avançada e a coexistência harmoniosa da China”.

      Chan Hou Seng também sublinhou que Macau deve aproveitar a Zona de Cooperação Aprofundada “para reforçar a cooperação económica com outras cidades da Grande Baía e do interior da China e, nas áreas do turismo, cultura, finanças, ciência e tecnologia inovadoras, promover o intercâmbio de talentos, a partilha de recursos, a transferência de tecnologia e a abertura do mercado, em prol da construção de uma baía humanista e da integração no desenvolvimento nacional com alta qualidade”.

      Por fim, o deputado nomeado ligado ao sector cultural falou sobre a formação de novas gerações que dêem continuidade à promoção do “amor à pátria”. “Face ao rápido desenvolvimento da ciência e da tecnologia, não podemos ter mente fechada, mas, antes, devemos recorrer a meios aceites pelas novas gerações para proceder à educação, incentivando os jovens a conhecerem a conjuntura nacional e cultivando neles o sentimento patriótico, para que estejam cientes da sua interdependência com a pátria e tenham a consciência de que a construção de um país poderoso e o rejuvenescimento nacional são da responsabilidade de cada um, assumindo assim a grande responsabilidade histórica de serem sucessores na promoção do amor à pátria”, concluiu.