Edição do dia

Segunda-feira, 27 de Maio, 2024
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
chuva fraca
27.9 ° C
31.5 °
26.9 °
94 %
6.2kmh
40 %
Seg
30 °
Ter
28 °
Qua
25 °
Qui
26 °
Sex
28 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      InícioSociedadeCâmara de Comércio França Macau quer angariar 50 mil patacas para apoiar...

      Câmara de Comércio França Macau quer angariar 50 mil patacas para apoiar sustentabilidade alimentar

      No dia 15 de Setembro, a Câmara de Comércio França Macau vai organizar o seu jantar de gala anual, no MGM Macau. Ontem, na apresentação do evento, Rutger Verschuren, presidente da organização, anunciou que este ano a intenção é apoiar a Sociedade de Saúde Alimentar e Ambiental de Macau, uma associação que promove a segurança e a sustentabilidade na alimentação. O objectivo é angariar 50 mil patacas.

       

      É com vista a apoiar a saúde e a sustentabilidade alimentar que a Câmara de Comércio França Macau (FMCC, na sigla em inglês) organiza este ano o seu jantar de gala, que se tem realizado em Macau ao longo dos últimos 14 anos. A gala realiza-se no dia 15 de Setembro, no MGM Macau.

      A Sociedade de Saúde Alimentar e Ambiental de Macau é a organização que este ano beneficiará do jantar de gala da FMCC. O apoio irá nomeadamente para a iniciativa “Não deixar comida para trás”, que se centra na redução do desperdício alimentar, através da promoção do reaproveitamento de alimentos noutras indústrias, por exemplo.

      “Esta abordagem de economia circular na redução do desperdício alimentar, ao mesmo tempo que demonstra compaixão pela vida, simboliza o nosso compromisso mútuo de promover práticas sustentáveis e lutar por um futuro mais brilhante para a nossa comunidade”, referiu na apresentação do evento Rutger Verschuren, presidente da FMCC, acrescentando que a meta este ano será angariar 50 mil patacas para a Sociedade de Saúde Alimentar e Ambiental de Macau.

      A organização, fundada em 2020 por Ruby O, reúne profissionais das indústrias alimentares e de saúde ambiental, explora a colaboração industrial e académica e promove práticas inovadoras e desenvolvimentos de produtos, servindo como um papel de apoio para melhorar a comunicação e a colaboração na implementação e desenvolvimento de políticas e requisitos regulamentares. Um dos objectivos é reforçar o envolvimento das partes interessadas no sistema alimentar global e aumentar a sensibilização para os impactos relevantes nos aspectos ambientais e sociais através de actividades de publicação, colaboração e participação em eventos.

      A Sociedade de Saúde Alimentar e Ambiental de Macau compromete-se a “promover a segurança alimentar e a consciencialização ambiental junto do público, a melhorar a posição internacional da profissão industrial em Macau e a contribuir para a melhoria do desenvolvimento sustentável em Macau e na região local”, pode ler-se no site da organização.

      Na apresentação do evento, Rutger Verschuren indicou ainda que a gala deverá contar com a participação de vários líderes associativos e empresários de Macau e da Grande Baía. “Os convidados terão uma noite inesquecível de glamour e encanto, e mergulharão num mundo onde a essência da opulência parisiense vai ganhar vida através das compras de luxo e experiências de estilo de vida”, descreveu o presidente da FMCC.

      Este 15.º jantar de gala da FMCC terá uma novidade: a entrega dos prémios “Ambiente, Social e Governação” (ESG, na sigla em inglês). Os vencedores eleitos em três categorias – Melhor Projecto, Melhor PME, Melhor ONG – serão anunciados durante o evento.