Edição do dia

Sexta-feira, 24 de Maio, 2024
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
aguaceiros fracos
25 ° C
25.9 °
24.9 °
94 %
4.6kmh
40 %
Qui
25 °
Sex
26 °
Sáb
27 °
Dom
28 °
Seg
29 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      InícioSociedadeConsulado terá nova plataforma de marcações online a partir de Dezembro

      Consulado terá nova plataforma de marcações online a partir de Dezembro

      A partir de Dezembro, as marcações no Consulado-Geral de Portugal em Macau e Hong Kong terão de ser feitas através da nova plataforma central do Ministério dos Negócios Estrangeiros de Portugal. A informação foi revelada ao PONTO FINAL pelo Consulado, que adiantou também que, até ao fim do ano, as vagas para atendimentos deverão ser aumentadas.

       

      Em Dezembro, as marcações para atendimentos no Consulado-Geral de Portugal em Macau e Hong Kong passarão a ser feitas apenas através da nova plataforma do Ministério dos Negócios Estrangeiros (MNE) de Portugal. A informação foi adiantada pelo Consulado ao PONTO FINAL.

      Assim, qualquer acto consular a realizar a partir de 1 de Dezembro terá de ser marcado através da nova plataforma central do MNE, que terá concentrados todos os procedimentos de marcação, estando em curso os respectivos preparativos, incluindo a tradução dos conteúdos para língua chinesa.

      Mantém-se, no entanto, o mecanismo de atendimento de casos de emergência comprovada; os interessados devem contactar o Consulado através do endereço de e-mail “”, sendo depois feita a análise prévia dos serviços sobre a urgência das solicitações.

      Até Dezembro, as marcações para as vagas de atendimento serão feitas pelos canais normais. O Consulado diz, por isso, que até ao fim do ano serão aumentadas as vagas disponíveis. Segundo os números do Consulado, o número diário de vagas para atendimentos em matéria de emissão e renovação de cartões de cidadão e passaporte passou de 100, em Janeiro, para 140 a partir de Março e 170 desde o dia 8 de Agosto. “Com a revisão e reorganização dos processos internos em curso tencionamos aumentar, novamente, o número diário de vagas no quarto trimestre deste ano”, adianta o Consulado.

      A informação surge depois de várias queixas sobre o longo tempo de espera para atendimento. No final de Maio, Alexandre Leitão, cônsul-geral de Portugal em Macau e Hong Kong, tinha indicado que havia, na altura, cerca de 15 mil pedidos de atendimento em lista de espera e que as vagas estavam preenchidas até Outubro.

      Desde o dia 1 de Março, 580 utentes renovaram os seus cartões de cidadão e passaportes por motivos ponderosos, diz o Consulado, assegurando: “Continuaremos a garantir que nenhuma urgência verdadeira deixará de ser atendida, mas apelamos à compreensão colectiva de que este mecanismo não pode ser utilizado para ser atendido antes de outros utentes que se encontram em situações idênticas e marcaram o seu atendimento com maior antecedência”.

       

      Quase 500 faltaram aos atendimentos agendados no Consulado entre Julho e Agosto

       

      O Consulado também indicou ao PONTO FINAL que, entre os meses de Julho e Agosto, 474 pessoas faltaram aos atendimentos marcados em Macau e Hong Kong, sem que tivessem comunicado previamente que não iriam comparecer, “desperdiçando vagas que podiam ter sido utilizadas por outras pessoas”. Assim, o Consulado aproveita para “apelar ao civismo dos utentes e respeito pelos compatriotas”.