Edição do dia

Quarta-feira, 28 de Fevereiro, 2024
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
nuvens dispersas
14.9 ° C
15.9 °
14.9 °
77 %
4.1kmh
40 %
Qua
20 °
Qui
21 °
Sex
17 °
Sáb
16 °
Dom
18 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      Início Sociedade UPM e Coimbra lançam duplo doutoramento em tecnologias de informação

      UPM e Coimbra lançam duplo doutoramento em tecnologias de informação

      A Universidade Politécnica de Macau (UPM) anunciou a criação de um duplo doutoramento em tecnologias de informação com a Universidade de Coimbra e defendeu que pode ajudar a região a ligar a China aos países lusófonos.

      De acordo com um comunicado, o programa terá a duração de três anos, sendo que os alunos da Universidade Politécnica de Macau vão passar um ano em Coimbra e os estudantes de Portugal um ano em Macau.

      O programa está aberto aos actuais alunos do doutoramento em tecnologias de informação da UPM, assim como aos estudantes do doutoramento em engenharia informática da Universidade de Coimbra (UC).

      Os alunos do novo programa vão ter a ajuda de orientadores das duas universidades e acesso a plataformas de pesquisa científica interregionais e oportunidades de intercâmbio académico”, sublinhou a UPM.

      Os estudantes poderão realizar “investigações aprofundadas sobre tecnologias de ponta em áreas como ciências informáticas, inteligência artificial, ‘big data’ e tecnologias de comunicação”, referiu o comunicado.

      No final dos três anos, os alunos que concluam o doutoramento poderão receber diplomas atribuídos pelas duas instituições.

      O reitor da UPM, Marcus Im Sio Kei, recordou no comunicado que há mais de dez anos que a instituição desenvolve uma cooperação “diversificada e bem sucedida” com a UC, que “tem contribuído muito para a cooperação no ensino superior entre a China e os países de língua portuguesa”.

      A UPM disse esperar que o programa ajude a “cultivar mais talentos científicos e tecnológicos de destaque, com pesquisa científica de nível internacional, e promover o desenvolvimento de indústrias de alta tecnologia em Macau e na Área da Grande Baía”.

      No comunicado, a UPM sublinhou que o doutoramento está em linha com uma das prioridades do Governo de Macau: a diversificação da economia do território, dependente do turismo.

      Ponto Finalhttps://pontofinal-macau.com
      Redacção do Ponto Final Macau