Edição do dia

Quarta-feira, 19 de Junho, 2024
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
céu pouco nublado
29 ° C
29.9 °
28.9 °
94 %
3.6kmh
20 %
Ter
29 °
Qua
30 °
Qui
30 °
Sex
30 °
Sáb
30 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      InícioSociedadeUm ano depois, seis vezes mais turistas visitaram Macau em Junho

      Um ano depois, seis vezes mais turistas visitaram Macau em Junho

      A Direcção dos Serviços de Estatística e Censos (DSEC) acabam de revelar que em Junho entraram 2.209.662 visitantes em Macau, um valor que contrasta com os “apenas” cerca de 380 mil que há um ano visitavam o território. O número de entradas subiu seis vezes, tendo já em Maio apresentado subidas semelhantes, de 2,2 milhões, quintuplicando na altura as entradas do mesmo período de 2022. Recorde-se que no ano passado ainda vigoravam as medidas de restrição de fronteiras, e apenas os visitantes do interior da China podiam visitar a RAEM.

      De todos os visitantes que no mês passado vieram a Macau, como é habitual, a grande maioria é oriunda do interior da China, com 1.444.933 visitantes, e, no geral, o número de visitas das nove cidades da Grande Baía foi de 709.047, um valor que praticamente triplicou em um ano (186%). De Hong Kong, vieram cerca 601 mil turistas, de Zhuhai 192.364, e de Guangzhou 155.285. Macau recebeu ainda quase 43 mil visitantes de Taiwan.

      A DSEC indicou ainda na sua nota de imprensa que dos quase 1,7 milhões que entraram por via terrestre, cerca de metade fizeram-no pelas Portas do Cerco, e 33,2% pela ponte do Delta do Rio das Pérolas. Pelo posto de Hengqin, chegaram apenas 13,1%.

      Em Junho deste ano entraram 329.892 visitantes por via marítima, numa subida percentual de 2.025% comparada a Junho de 2022. Por via aérea, chegaram 184.592 pessoas, 3960,5% mais do que o mesmo período do ano passado. Recorde-se que estes valores percentuais astronómicos se prendem com o facto de quer o aeroporto, quer o serviço marítimo de transportes ainda se encontrarem praticamente fechados em Junho no ano passado, na sequência das medidas antiepidémicas instauradas pelo Governo desde 2020.

      O mesmo comunicado divulgou ainda que no 1º semestre de 2023 a cidade acolheu mais de 11 milhões e meio (11.645.877) de visitantes, mais 236,1% que o semestre homólogo do ano passado, e que o período médio de permanência dos visitantes em Macau durante os primeiros 6 meses de 2023 foi de 1,3 dias, uma subida de 0,1 dias.

       

      R.G.

       

       

       

       

       

      Ponto Final
      Ponto Finalhttps://pontofinal-macau.com
      Redacção do Ponto Final Macau