Edição do dia

Sábado, 22 de Junho, 2024
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
nuvens dispersas
30.9 ° C
31.9 °
30.9 °
79 %
4.1kmh
40 %
Sáb
31 °
Dom
30 °
Seg
30 °
Ter
30 °
Qua
30 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      InícioLusofoniaRelações entre Timor-Leste e Austrália entram em nova fase

      Relações entre Timor-Leste e Austrália entram em nova fase

      A ministra dos Negócios Estrangeiros australiana disse que a relação com Timor-Leste está a entrar “numa nova fase” e anunciou, durante uma visita a Díli, o reforço de vários programas em curso. “Acredito que estamos a embarcar numa nova fase da nossa jornada em conjunto”, disse Penny Wong, num discurso no Ministério dos Negócios Estrangeiros, em Díli.

      O Governo australiano “procura ir além das divergências do passado. Trabalhar convosco para moldar o futuro que partilhamos. Onde quer que o futuro leve os nossos dois países, quaisquer que sejam os desafios que possamos enfrentar, quero que os nossos amigos em Timor-Leste saibam que nós, na Austrália, estaremos sempre convosco”, afirmou.

      Penny Wong efectua uma curta visita a Timor-Leste, a segunda ao país desde que assumiu funções, no ano passado, e a primeira de um responsável australiano depois da posse do IX Governo, liderado por Xanana Gusmão. “A nossa amizade é profunda e ampla. Já resistiu ao teste do tempo, desde os tempos da independência. E é a base sobre a qual podemos construir o nosso futuro, juntos”, sublinhou. “A Austrália reconhece que o caminho de Timor-Leste para a independência e soberania foi longo e árduo. E que procuram, com razão, fazer as vossas próprias escolha, sem que lhes sejam impostas por outras”, afirmou, num discurso perante o Presidente timorense, José Ramos-Horta, entre outros.

      No âmbito da diversificada cooperação bilateral, Wong destacou o apoio a projetos como a remodelação do Aeroporto Internacional de Díli e do Cabo Submarino Sul de Timor-Leste, que permitirá a ligação por fibra óptica para o país. Particularmente importante tem sido o apoio à contratação de mão-de-obra timorense, no âmbito do esquema de mobilidade laboral Austrália Pacífico, frisou.

      Actualmente, estão na Austrália cerca de 4.680 trabalhadores timorenses, que em média enviam por ano remessas de cerca de 37,5 milhões de dólares australianos (cerca de 23 milhões de euros), disse.

      O programa implica oportunidades de rendimentos para as famílias e “a aquisição de competências valiosas”, aspeto que também destacado como prioritário pelas autoridades timorenses, sublinhou.

      Wong anunciou que Camberra vai apoiar mais 35 trabalhadores timorenses a concluir qualificações formais em cuidados a idosos, “ajudando a desenvolver competências críticas”. A responsável anunciou também um aumento do número de bolsas de estudos disponíveis no quadro do programa Australia Awards, sobretudo no reforço das capacidades de resposta a desastres e biossegurança, bem como de bolsas de estudo para timorenses frequentarem o Australia Pacific Training Coalition, em Suva.

      Ponto Final
      Ponto Finalhttps://pontofinal-macau.com
      Redacção do Ponto Final Macau