Edição do dia

Segunda-feira, 17 de Junho, 2024
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
chuva fraca
28.1 ° C
29.9 °
27.9 °
94 %
3.6kmh
40 %
Seg
30 °
Ter
30 °
Qua
30 °
Qui
30 °
Sex
30 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      InícioInternacionalJens Stoltenberg continuará como secretário-geral por mais um ano

      Jens Stoltenberg continuará como secretário-geral por mais um ano

      O secretário-geral da NATO, Jens Stoltenberg, anunciou ontem a extensão do seu mandato até 1 de Outubro de 2024, na sequência de uma decisão concertada entre os 31 Estados-membros da Aliança Atlântica. “Estou honrado pela decisão dos aliados da Organização do Tratado do Atlântica Norte [NATO] de prolongarem o meu mandato como secretário-geral até 01 de outubro de 2024”, escreveu Jens Stoltenberg na rede social Twitter. O secretário-geral da NATO acrescentou que “a ligação transatlântica entre a Europa e a América do Norte tem assegurado a liberdade e segurança durante quase 75 anos”. “Num mundo ainda mais perigoso, a nossa aliança é mais importante do que nunca”, completou. O anúncio de Stoltenberg coloca um ponto final na especulação quanto à sua continuação ou não como o secretário-geral da Aliança Atlântica.O mandato tem habitualmente uma duração de quatro anos. O de Jens Stoltenberg devia ter terminado em setembro de 2022, no entanto, por causa da invasão da Rússia à Ucrânia, em Fevereiro desse ano, os aliados optaram por prolongá-lo. A questão da sucessão surgiu no início deste ano, mas Stoltenberg manteve o ‘tabu’, enquanto vários órgãos de comunicação social internacionais antecipavam possíveis sucessores. Na semana passada fontes da Aliança Atlântica confirmaram a vários órgãos de comunicação social, incluindo a Lusa, que estaria em cima da mesa uma segunda extensão do mandato de Jens Stoltenberg, antigo primeiro-ministro norueguês. A precisamente uma semana do início da Cimeira da NATO, em Vílnius, na Lituânia, o secretário-geral anunciou que os 31 Estados-membros concordaram em manter a liderança, pelo menos mais um ano. São Estados-membros da NATO Portugal, os Estados Unidos, Espanha, França, Alemanha, Albânia, Bélgica, Bulgária, Canadá, República Checa, Croácia, Dinamarca, Eslováquia, Eslovénia, Estónia, Finlândia (aderiu em abril deste ano), Grécia, Hungria, Islândia, Itália, Montenegro, Noruega, Países Baixos, Polónia, Reino Unido, Roménia e Turquia.

      Ponto Final
      Ponto Finalhttps://pontofinal-macau.com
      Redacção do Ponto Final Macau