Edição do dia

Quarta-feira, 19 de Junho, 2024
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
nuvens dispersas
30.9 ° C
31.9 °
30.9 °
84 %
4.1kmh
40 %
Qua
31 °
Qui
30 °
Sex
30 °
Sáb
30 °
Dom
30 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      InícioEconomiaJunho, apesar de ameno para o sector do jogo, foipromissor, dizem especialistas

      Junho, apesar de ameno para o sector do jogo, foipromissor, dizem especialistas

      Junho foi um mês que, apesar de ter descido 2,3% comparando com o mês anterior, mesmo assim aponta para uma recuperação promissora do sector do jogo na RAEM. Em declarações ao Macau News Agency, Alidad Tash, analista da 2NT8 Limited de Hong Kong, relembrou que, de qualquer das formas, “tradicionalmente” este mês é fraco em termos de visitas e lucros do jogo. O facto de já se ter conseguido chegar aos 15,2 milhões de patacas de receitas brutas no mês de Junho é só por si um bom sinal, especialmente porque Macau já atingiu nestes primeiros seis meses do ano lucros de 80,1 mil milhões de patacas. Este valor já equivale a 61% das previsões de 130 mil milhões do lucro total avançadas pelo Governo para 2023.

      À medida que a circulação de transportes volta ao ritmo dos anos antes da epidemia, é de esperar que os níveis de receitas brutas para a segunda metade do ano sejam ainda maiores, defendeu ainda Alidad Tash. Os esforços de iniciativas não-jogo, como os concertos, estão a criar mais dinamismo, e os novos produtos hoteleiros estão a ter mais ocupação, apontou ainda o director da 2NT8 Limited.

      Outro analista, Carlo Santarelli da Deutsche Bank, defende também que a ligeira quebra de Junho é um sintoma de mercado “saudável”. Este destacou que apesar das receitas brutas do mês de Junho serem inferiores às de Maio, o valor médio diário na verdade melhorou 1%, e isto implica que esteja a acontecer “um aceleramento saudável na tendência sequencial da época”.

      De opinião diversa, Ben Lee, da IGamiX Management Consulting, admitiu que se calhar o sector do jogo em Macau atingiu um patamar estanque de estabilidade, e não consegue fazer render mais “a recuperação liderada pelas massas”, já que Junho é o primeiro mês desde Fevereiro em que não se registou uma subida. O mesmo especialista acredita que talvez tenham sido as promoções de estadia gratuita e viagens organizadas pela Direcção dos Serviços de Turismo, e também o regresso de alguns junkets que vieram influenciar estes resultados.

      RG

      Ponto Final
      Ponto Finalhttps://pontofinal-macau.com
      Redacção do Ponto Final Macau