Edição do dia

Terça-feira, 18 de Junho, 2024
Cidade do Santo Nome de Deus de Macau
nuvens dispersas
30.6 ° C
33.2 °
29.9 °
89 %
4.6kmh
40 %
Ter
31 °
Qua
31 °
Qui
30 °
Sex
30 °
Sáb
30 °

Suplementos

PUB
PUB
Mais
    More
      InícioPolíticaChefe reúne-se com responsáveis dos sectores culturais e de turismo do Sudeste...

      Chefe reúne-se com responsáveis dos sectores culturais e de turismo do Sudeste Asiático

      O Chefe do Executivo teve, na sexta-feira, um encontro com os responsáveis governamentais dos departamentos culturais e de turismo de países do Sudeste Asiático e os respectivos representantes de associações dos mesmos sectores, que se deslocaram a Macau para participar na 11.ª Expo Internacional de Turismo (Indústria) de Macau.

      Na ocasião, foram trocadas opiniões sobre o reforço da cooperação do turismo e cultura entre Macau e países do Sudeste Asiático, assim como o impulso ao aumento do fluxo de pessoas, indica um comunicado divulgado pelo Governo.

      Segundo a nota, o Chefe do Executivo apontou que a relação de cooperação no âmbito do turismo entre Macau e os países do Sudeste Asiático é estreita e acrescentou que Macau “possui um sector turístico rico e diversificado e de instalações do sector das convenções, com boa capacidade de recepção de turistas, enquanto os países do Sudeste Asiático sempre foram considerados destinos turísticos populares”.

      Neste sentido, referiu que “existe um grande espaço de cooperação na área”, pelo que considera que “ambas as partes podem reforçar ainda mais o intercâmbio em termos de turismo, cultura e a população, promovendo em conjunto a exploração de mais voos na revitalização da economia através da elevação da qualidade do sector, por forma a atingir benefícios mútuos”.

      O encontro contou com a presença de responsáveis governamentais dos departamentos culturais e de turismo e representantes de associações provenientes da Malásia, Vietname, Brunei, Laos, Myanmar, Filipinas, Camboja, Singapura e Tailândia. De acordo com o comunicado, os responsáveis destes países afirmaram que, sendo Macau um Centro Mundial de Turismo e Lazer, “os resultados foram notórios nos trabalhos de protecção do património cultural e na promoção de uma Cidade Criativa rica em Gastronomia”. A par disso, o interior da China e Macau são considerados “mercados turísticos importantes para o Sudeste Asiático, pelo que esperam que ambas as partes continuem em manter um bom intercâmbio e cooperação”.

      Ponto Final
      Ponto Finalhttps://pontofinal-macau.com
      Redacção do Ponto Final Macau